Gadoo - Notícias e Curiosidades

9 coisas que NÃO se deve fazer ao prestar os primeiros socorros

Compartilhe:

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como agir depois de um acidente no que se refere a ajudar a (s) vítima (s) – quando há. Existem coisas que de fato não devemos fazer.

Nessas situações qualquer atitude pode ser decisiva para a pessoa acidentada.

Pensando nisso, trazemos 9 coisas que NÃO se deve fazer ao prestar os primeiros socorros.

Confira:

1. Lavar as feridas com água oxigenada e tratá-las com iodo ou álcool: isto é perigoso, pois a água oxigenada destrói as células do tecido e a cicatrização fica mais demorada. O iodo, o mertiolate ou o álcool queimam as células vivas e podem ocasionar um choque doloroso e queimaduras ao entrarem no machucado. O correto é lavar a ferida com água limpa ou fervida e utilizar uma pomada com antibiótico. Não use curativos nem gaze se não houver necessidade, senão a ferida pode demorar mais tempo para cicatrizar.

Coisas que NÃO se deve fazer ao prestar os primeiros socorros

Lista traz 9 coisas que não se deve fazer ao prestar os primeiros socorros. Qualquer atitude pode ser decisiva para a vítima. Foto: Incrivel.club

2. A massagem cardíaca pode gerar costelas quebradas e pulmões danificados: durante a massagem cardíaca, é possível quebrar as costelas, que podem danificar gravemente os pulmões e o coração. Neste caso a massagem cardíaca deve ser realizada somente em último caso, quando não houver pulsação, a pessoa não respirar e não houver médico ou resgate próximo. Enquanto uma pessoa chama a ambulância, outra deve executar as compressões. O ritmo correto é de 100 compressões por minuto. Lembrando que a massagem cardíaca para crianças pequenas é realizada usando os dedos e não a mão toda. Atualmente, os protocolos de primeiros socorros não recomendam pessoas leigas a fazer respiração boca a boca (ventilação).

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

3. O paracetamol pode ocasionar problemas no fígado: o medicamento contém acetaminofeno. Ameniza a dor, a febre e age como um anti-inflamatório, no entanto, uma dose excessiva do remédio pode causar insuficiência renal e hepática. O ideal é estudar cuidadosamente a dose. Em adultos, a dose máxima de cada vez é de 1 grama e a dose diária máxima é de 4 gramas. O acetaminofeno é encontrado em diversas drogas e, consequentemente, é fácil ultrapassar as doses autorizadas. Isso que pode levar à intoxicação.

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

4. Se houver hemorragia nasal, não leve a cabeça para trás nem se deite de costas: quando você faz isso a pressão sanguínea na cabeça aumenta e o sangue pode entrar nos pulmões e causar náuseas. Neste caso, o recomendado é manter a cabeça erguida para baixar a pressão arterial rapidamente. Aplique algo frio no nariz. Com seus dedos indicador e polegar, tampe as narinas alternadamente durante 15 minutos e respire pela boca. Caso o sangramento persista, repita o procedimento. Chame uma ambulância, caso o problema continue ou se tiver sido ocasionado por alguma lesão.

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

5. Em caso de acidente de carro, não retire a pessoa do veículo para deixá-la em uma posição confortável: em geral, a morte após um acidente de carro acontece após uma lesão no pescoço e na coluna vertebral. Qualquer movimento, para ajudar a vítima a se deitar de forma mais confortável pode matá-la ou incapacitá-la pelo resto da vida. Só faça isso em casos extremos, quando houver certeza, por exemplo, que o carro irá explodir ou cair em uma ribanceira com a pessoa dentro. Se uma pessoa se machucar durante um acidente, existe uma chance de que sua cabeça, seu pescoço ou sua coluna vertebral tenham sido danificados. Neste caso, o ideal é chamar uma ambulância e cuidar para que a vítima respire até que cheguem os médicos.


PUBLICIDADE

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

6. Em caso de intoxicação grave, não tome medicamentos que provoquem vômito: esses remédios podem provocar queimaduras no esôfago e deixar que o vômito entre nos pulmões. Neste caso, se houver suspeitas de envenenamento grave, chame o resgate, relate os sintomas e a possível fonte de intoxicação, se atentando as recomendações do médico. Não avalie sozinho o grau de perigo ou busque conselhos na Internet: a overdose de vitaminas ou uma intoxicação por álcool podem ser tão perigosas quanto consumir um copo de gasolina. Sem ajuda médica, a morte pode acontecer dentro de uma hora.

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

7. Usar torniquete para estancar o sangramento pode provocar amputações das extremidades do corpo: se a aplicação do torniquete for feita de forma incorreta pode pressionar as extremidades. Ele não detém o sangramento, e sim interrompe a circulação do sangue nos membros, o que gera a necrose dos tecidos. Neste caso, coloque várias gazes estéreis ou um pano limpo sobre a ferida e mantenha-a sob pressão. Isso será suficiente, enquanto o resgate está a caminho. Existe uma exceção: quando se trata de uma forte hemorragia em que a chance de morte é maior do que o risco de amputação.

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

8. Não coloque uma colher na boca e não tire a língua de alguém que tiver uma convulsão: durante a crise, a pessoa pode se sufocar com o objeto colocado na boca para proteger a língua. Neste momento a pessoa pode tremer incontrolavelmente e até mesmo ficar azul, porém os ataques acabam sozinhos e o corpo não é capaz de prejudicar a si mesmo de forma grave. O ideal é chamar o médico o mais rápido possível, e tomar cuidado para que a pessoa não se bata durante a crise e que consiga respirar. Engolir a língua é fisiologicamente impossível e mordê-la não é perigoso. Coloque a cabeça da pessoa de lado.

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

9. No caso de uma picada de cobra ou de insetos venenosos é proibido sugar o veneno da ferida: fazendo isso, na melhor das hipóteses, não vai acontecer nada e a pessoa morrerá da mesma forma. O veneno misturado com saliva chega à boca criando outra fonte de infecção. Isto irá acelerar o envenenamento do organismo, e poderá ocasionar edema pulmonar e parada cardíaca. Diante desta situação se a mordida foi em um membro, fique em uma posição horizontal, para que a área afetada fique em um nível abaixo do coração. Chame a ambulância e relate em detalhes do ocorrido, além de consumir muito líquido. A vítima deve se movimentar o mínimo possível.

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

Importante: não tente levar a vítima para o hospital por conta própria. Deixe que os profissionais façam isso. O ideal é chamar a ambulância e relatar a situação por telefone, pois diante das informações, o operador irá orientar para onde se deve levar o doente. Nem todas as unidades de saúde têm medicamentos, especialistas e equipamentos necessários, e começar a mover a pessoa de um lugar para outro pode ser muito arriscado para ela.

Foto: Incrivel.club

Foto: Incrivel.club

Fonte: Incrivel

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo