Gadoo - Notícias e Curiosidades

Dicas para quem se aposentou e quer voltar ao mercado de trabalho

Compartilhe:

Para muitos, a aposentadoria é um acontecimento mais do que esperado, um período dedicado à vida pessoal, ao lazer, à família e, em especial, ao descanso do trabalho.

Outros, no entanto, em virtude da falta de um planejamento bem feito, que lhes permita desfrutar dessa nova conjuntura de vida, acabam sem opção e necessitam retornar ao trabalho. Há também os que simplesmente decidem retornar ao mercado porque se sentem mais felizes quando têm uma ocupação fixa ou mesmo trabalhos temporários para lhes absorver o tempo livre e ocupar a mente.

Seja qual for a sua motivação, confira aqui algumas dicas para facilitar o seu retorno à vida profissional.

Desfazendo mitos…

Um dos grandes enganos que desmotivam muitos aposentados a tentarem retornar ao mercado de trabalho é o de que as empresas desejam contratar apenas jovens para preencher seus quadros de pessoal, sob a alegação de que estes seriam mais dispostos e flexíveis do que os mais velhos.

Ao contrário do que se pensa, existem muitas funções que privilegiam a experiência adquirida ao longo de uma carreira, diferencial que muitos aposentados possuem em seus currículos. Um bom exemplo é o caso de pessoas que se aposentam e prestam consultorias em suas áreas de atuação.

Capacitação

Assim como os que acabam de ingressar no mercado necessitam investir em cursos e ferramentas de qualificação profissional, os aposentados que se afastam do dia a dia de suas áreas de atuação também devem apostar na capacitação como um “passaporte” de retorno ao trabalho.

Aproveitar o tempo livre se preparando, lendo, acompanhando o que acontece na atualidade e adquirindo novos saberes pode alavancar as competências já existentes e se tornar um fator determinante na disputa por uma vaga de trabalho.


PUBLICIDADE

Aposentados com dinheiro

Aposentados podem voltar ao mercado de trabalho mais facilmente com a ajuda destas dicas

Empreendedorismo

Quando se aposentam e sentem o “baque” da falta de uma ocupação, diversas pessoas acabam descobrindo novos talentos antes adormecidos e encontram meios de tornar atividades prazerosas em fontes complementares – ou mesmo principais – de renda.

E o brasileiro é, sem dúvida, empreendedor por natureza. Com o apoio de instituições privadas e também do governo, é possível obter orientações e assessoria para a criação do próprio negócio com todo o suporte necessário, desde a elaboração do plano de negócios às rotinas operacionais de uma microempresa – um grande parceiro é o SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

A participação da família no processo

Tanto a aposentadoria quanto o retorno ao mercado de trabalho são processos que mexem com o cotidiano de toda a família do indivíduo, especialmente no caso daqueles (as) que também são responsáveis pelo sustento da casa.

Por isso, antes de se decidir por retornar ou não ao mercado, seja como assalariado ou empreendedor individual, converse com seus familiares e exponha o seu desejo para que, em conjunto, encontrem a melhor forma de passar por esse novo momento de vida.

Com essa simples medida, evitam-se as frustrações, delimitam-se novos arranjos de rotina e todos terão clareza quanto ao novo cenário econômico da família, evitando despesas inesperadas e mitigando desgastes afetivos entre seus membros.

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo