Gadoo - Notícias e Curiosidades

10 coisas curiosas em aviões que você provavelmente nunca notou

Compartilhe:

Viajar em aviões pode ser uma tarefa aterrorizante para aqueles que têm medo. Mas existem aquelas pessoas que já são experientes nisso.

É provável que estas já conheçam praticamente tudo que existe em um voo. Mas há algumas coisas que elas podem não ter percebido.

Pensando nisso, trazemos 10 coisas curiosas em aviões que você provavelmente nunca notou.

Dá só uma olhadinha:

1. Corrimão nas asas: em grande parte dos aviões, para usar a escada de emergência, os passageiros precisam pisar na asa, que é escorregadia. Para facilitar essa tarefa, uma espécie de corrimão especial foi desenvolvido. Uma corda de segurança é passada pelo objeto amarelo que você vê na imagem e vai da saída da aeronave até a escada de emergência. Segurando na corda, os passageiros conseguem sair com segurança.

Coisas curiosas em aviões que você provavelmente nunca notou

Seleção traz 10 coisas curiosas em aviões que você provavelmente nunca notou. Até pessoas experientes podem não ter percebido. Foto: © anizza/depositphotos.com  

2. Um machado na cabine do piloto: segundo as leis de muitos países (como os EUA), o machado é um equipamento de emergência, e geralmente fica armazenado na cabine do piloto. Este instrumento pode ajudar a conter fogo, abrir uma porta travada ou mesmo criar uma saída de emergência. Existem marcações na fuselagem que mostram o melhor lugar para fazer essa saída.

3. Buraco na janela: 3 vidros compõem as janelas do avião. O externo aguenta a pressão, o interno protege contra danos pelo interior, e o meio possui um furo que regula o fluxo de ar. Essa abertura é feita para ajudar a equilibrar a diferença de pressão e evitar embaçamento.

4. Unidade auxiliar de potência: quando entramos no avião, é possível escutar um ruído ainda que os motores não estejam ligados. Ele é causado por uma unidade auxiliar de potência que fornece energia para os sistemas mesmo quando os motores estão desligados. Esta unidade também é útil em terminais mal equipados onde a manutenção adequada não está disponível.

5. Federal Air Marshal Service, agência norte-americana de segurança: funcionários da agência voam à paisana e podem conter de pequenos à terroristas. França, Canadá, Estados Unidos, entre outros países, possuem seus próprios serviços do tipo.


PUBLICIDADE

6. Locais para descanso da tripulação: alguns aviões possuem quartos escondidos para os funcionários poderem relaxar durante voos longos. Os locais não são muito confortáveis, pois só é possível andar em quatro apoios, mas é possível deitar e descansar por um tempo.

7. Alças nas portas de emergência: elas são feitas para que os comissários de bordo segurem em caso de pânico a bordo. Se for necessária uma evacuação, eles podem conduzir os passageiros para fora sem correrem o risco de cair no chão ou mesmo serem empurrados para fora.

8. Sistema de ar: o ar que respiramos a bordo vem dos compressores dos motores. Por este fato, algumas pessoas acreditam que o ar do avião é sujo. No entanto, ele é filtrado e resfriado primeiro, e os filtros conseguem reter até 95% das bactérias.

9. “Berço de Cooper”: se trata de um dispositivo que surgiu nas aeronaves após um crime não resolvido ter sido cometido por um homem supostamente chamado Dan Cooper. Ele sequestrou um avião de passageiros, pegou o resgate e escapou com um paraquedas. Após o ocorrido, todos os aviões Boeing e Airbus foram equipados com este dispositivo que não permite que durante um voo as portas se abram.

10. Triangulo preto: a função deles é marcar os lugares onde as asas podem ser vistas melhor. Quando os pilotos têm dúvidas quanto à localização das asas, é possível fazer um exame visual.

Fonte: Brightside

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo