Gadoo - Notícias e Curiosidades

10 descobertas totalmente inusitadas feitas por pessoas em seus quintais

Compartilhe:

Muitas pessoas já encontraram objetos perdidos por aí, e isso é bastante comum. Porém, há aquelas que fizeram descobertas bem inusitadas em seus quintais.

Os casos que mostraremos a seguir com certeza irão te surpreender. Você já imaginou encontrar uma Ferrari no seu quintal? Saiba que isso já aconteceu.

Trazemos 10 descobertas totalmente inusitadas feitas por pessoas em seus quintais. Ficou curioso?

Então dá só uma olhadinha:

1. Uma Ferrari Dino 246 GTS foi encontrada em um quintal no ano de 1978 quando duas crianças brincavam de cavar buracos. Quando a polícia se deu conta, percebeu se tratar de um carro roubado.

Descobertas totalmente inusitadas feitas por pessoas em seus quintais

Seleção traz 10 descobertas totalmente inusitadas feitas por pessoas em seus quintais. Você vai se surpreender.Foto: © jalopnik   © larevueautomobile  

2. Casco pré-histórico de um tatu: foi encontrado em uma fazenda por um homem chamado José Antonio Nievas, da Argentina. Era o casco de um gliptodon – um tatu pré-histórico do tamanho de um Volkswagen Beetle.

3. Tesouro medieval: Andreas K., da Áustria, achou um tesouro completo em seu quintal em 2007. Havia aproximadamente 200 joias, porém ele acabou guardando-as no porão e as esqueceu lá. Quando decidiu se mudar de casa, ele se lembrou delas. Peritos afirmaram que o tesouro tinha mais de 650 anos e o homem acabou doando tudo para um museu local.

4. Meteoritos: todos nós sabemos que as chances de cair um meteorito em nosso quintal são pequenas, porém Radivoje Lajic, da Bósnia, encontrou 6 deles. Alguns cientistas da Universidade de Belgrado, Sérvia, confirmaram a veracidade dos fragmentos e passaram a estudar a atividade magnética em torno da casa de Lajic para compreenderem o ocorrido.

Foto:

Foto: © CEN  

5. Um abrigo antibombas: Chris e Colleen Otcasek compraram uma residência na Califórnia, EUA. Eles sabiam da existência de abrigo antirradiação no quintal, que foi construído por um engenheiro durante a Guerra Fria, porém os rapazes imaginavam que depois de mais de 50 anos não existiria mais nada no abrigo. Mas eles se enganaram. O local estava preservado e continha toalhas de papel, pílulas para dormir, latas, café, livros, e revistas.

Foto:

Foto: © Mae Ryan  

6. Um túnel para a Grande Pirâmide de Quéops: um morador da vila de El Haraneya, próximo ao Planalto de Gizé, no Egito, encontrou um túnel enquanto cavava seu quintal. Tratava-se de uma passagem secreta para a maior e mais antiga das três pirâmides de Gizé – a Grande Pirâmide de Quéops.


PUBLICIDADE

7. Ossos de mil anos de um índio: Ali Erturk, um garoto de 14 anos de Salt Lake City, EUA, estava cavando um buraco para um lago em seu quintal em 2014 e achou ossos humanos no chão. Seu pai chamou a polícia e, após um exame, descobriram se tratar de restos mortais de um índio americano que viveu lá cerca de 1.000 anos antes. Os arqueólogos continuaram as buscas no quintal, imaginando encontrar uma espécie de cemitério de índios lá.

Foto:

Foto: © ABC  

8. Um saco com 175 mil dólares em maconha (o equivalente a cerca de 550 mil reais) foi encontrado em uma adega em dezembro de 2012 por Mack Reed, de Los Angeles, EUA. Provavelmente, o objeto foi colocado lá quando Mack não estava em casa. O homem inclusive deixou um recado para os criminosos que dizia: “Nós encontramos a bolsa e chamamos a polícia, eles confiscaram as drogas e colocaram minha casa sob vigilância.”

9. Um dos maiores tesouros escondidos da história dos EUA: um casal passeava com o seu cão em seu próprio quintal em 2013 quando encontrou um tesouro escondido. Perceberam uma caixa enferrujada no chão e dentro havia moedas de ouro. Ao total, oito caixas foram encontradas e o valor estimado era de 10 milhões de dólares, o equivalente a 32 milhões de reais. O casal acabou vendendo a maior parte do tesouro em um leilão.

10. Restos mortais de um dinossauro: John Lambert, de Ipswich, Inglaterra, resolveu construir uma cerca em volta de sua casa em 1997 e durante a escavação ele acabou atingindo um grande osso com sua pá. Porém ele o levou para o celeiro e acabou se esquecendo dele por 16 anos. Em 2013, John decidiu mostrar o achado para especialistas, que identificaram ser um osso de um pliossauro – uma serpente gigante do mar que viveu na Terra cerca de 60 a 250 milhões de anos atrás.

Fonte: Brightside

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo