Gadoo - Notícias e Curiosidades

10 primeiras damas cujas histórias provam que toda mulher tem seus segredos

Compartilhe:

Todos nós imaginamos que as primeiras damas são mulheres sem defeito algum. É aí que nos enganamos.

O fato é que elas também escondem determinadas fraquezas, mas você provavelmente não sabia disso.

Trazemos 10 primeiras damas cujas histórias provam que toda mulher tem seus segredos.

Dá só uma olhadinha:

1. Jacqueline Kennedy (EUA): enquanto Kennedy era presidente, as mulheres costumavam fumar, no entanto este hábito não era aprovado pela sociedade. A primeira dama então tinha que fumar escondido e os fotógrafos foram proibidos de registrarem-na com cigarro.

Primeiras damas cujas histórias provam que toda mulher tem seus segredos

Seleção traz 10 primeiras damas cujas histórias provam que toda mulher tem seus segredos. Elas também escondem fraquezas. Foto: © East News  

2. Princesa Diana (Inglaterra): muitos acreditavam que ela era perfeita, no entanto a princesa possuía questões com seu corpo, e sofria de bulimia.

Foto:

Foto: © East News  

3. Mary Todd Lincoln (EUA): por vir de uma família rica, ela não sabia viver sem dinheiro, e chegou a renovar a Casa Branca e comprou muitas roupas. Mary não conseguia controlar os gastos e se envolveu em escândalos por usar mal um dinheiro que era destinado às necessidades do Exército.

4. Imelda Marcos (Filipinas): ficou conhecida pelos gastos extravagantes. Ela ficou obcecada com as compras após conseguir acesso sem supervisão aos fundos orçamentários da nação. Quando o presidente Marcos e sua esposa fugiram do país depois de um golpe militar, foram descobertos mais de mil pares de sapatos caros nos apartamentos de Imelda, dentro da casa presidencial.

Foto:

Foto: © East News  

5. Nancy Reagan (EUA): era a principal conselheira do marido, Ronald Reagan, e ficou preocupada com o bem-estar dele após o mesmo sofrer uma tentativa de assassinato em 1981. A primeira dama “consultava o cosmos” antes aconselhar o presidente. Ela era fascinada com astrologia.

6. Helen Taft (EUA): era esposa do presidente William Howard Taft. O mandato foi na mesma época da proibição de álcool, que durou até 1933. A primeira dama ignorou a lei. Helen não fez nada para impedir que os comerciantes vendessem bebidas, como também participou festas onde havia bebida liberada.


PUBLICIDADE

7. Carla Bruni (França): se casou com Nicolas Sarkozy após o primeiro encontro. Ela afirmou que preferiria a poligamia do que o casamento tradicional. Segundo algumas entrevistas, a ex-primeira-dama gosta de ter a atenção de vários admiradores ao mesmo tempo, e seu amor por uma única pessoa não dura mais de 3 semanas.

Foto:

Foto: © Carla Bruni  

8. Rachel Jackson (EUA) foi a esposa do 7º presidente dos Estados Unidos, Andrew Jackson (se casaram em 1794). Uma notícia chocante apareceu durante as eleições presidenciais. A mulher se casou com Andrew, mas nunca havia se separado do primeiro marido, Lewis Robards.

9. Bernadette Chirac (França): esposa do ex-presidente francês Jacques Chirac, sempre teve postura de Primeira Dama e fez o possível para esconder os casos ilícitos do marido. Mesmo sabendo de sua tendência à poligamia, ela ficou muito tempo fingindo que nada estava acontecendo. Porém, nos últimos anos, essas informações se tornaram públicas.

10. Rainha Rania Al Abdullah (Jordânia), esposa do rei Abdullah II. Ela sempre se comporta de acordo com o status e parece sempre encantadora. No entanto, possui uma fraqueza: gosta de usar sapatos de ouro decorados com pedras preciosas.

Fonte: Brightside

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo