Gadoo - Notícias e Curiosidades

11 curiosidades sobre as baratas que você provavelmente não sabia

Compartilhe:

Você tem nojo de baratas? Aposto que sim, e certamente já passou por alguma situação desconfortável envolvendo esse inseto.

Mas também aposto que você não sabe de algumas curiosidades sobre elas, como o fato de que podem sobreviver sem a cabeça.

Essa e outras curiosidades sobre este animal, muitas vezes visto como nojento, estão listadas abaixo.

Curiosidades sobre as baratas que você provavelmente não sabia

Todos temos nojo de baratas, mas elas podem ter muito mais mistério oculto do que pensamos. Lista reúne 11 curiosidades sobre este inseto.

Confira:

1 – uma barata pode sobreviver sem a cabeça, já que sua respiração é feita por espiráculos ao longo de seu corpo, e assim ela morrerá de fome.

141

2 – As baratas podem comer sabão, graxa, cola e até mesmo fezes, se estiverem por muito tempo sem alimento. Curiosamente, elas não gostam muito de pepino, mas ainda não se tem uma explicação para isso.

3 – Elas podem atingir uma velocidade de 3,2 quilômetros por hora, o que é um número alto, já que, fazendo uma relação com o tamanho de seu corpo, caso elas fossem do tamanho de um guepardo, essa velocidade seria de 80 quilômetros por hora.


PUBLICIDADE

4 – Elas possuem um sistema muito sensível que capta as mudanças de corrente de ar. Isso dá a elas a capacidade de mudar sua direção quando estão correndo.

5 – Estima-se que as baratas já habitassem o nosso planeta há cerca de 350 milhões de anos. Na forma como as conhecemos, elas já estão há cerca de 200 milhões, e além disso, elas conviveram com os dinossauros.

6 – As baratas não gostam de ficar sozinhas e podem até adoecer caso essa condição persista por muito tempo. Além disso, elas também são conseguem reconhecer os seus parentes, mesmo que gerações diferentes convivam juntas (pai, mãe, tios, avós…).

7 – Elas também peidam, e liberam mais metano que qualquer outro animal na Grã-Bretanha, falando em proporções de peso corporal.

8 – Existem cerca de 4.000 espécies de baratas no mundo, das quais 30 apenas vivem em áreas urbanas. Na Austrália, elas podem chegar a medir 10 centímetros de comprimento. As baratas “comuns”, chamadas de baratinhas, são as americanas e as alemãs.

9 – De acordo com um estudo realizado em Nova Iorque, esses seres se agrupam por tipos similares.

10 – o fato de que elas sempre se introduzem em espaços que mal as cabem diz respeito a serem insetos tigmotrópicos, o que significa dizer que elas gostam de que seus corpos possa ter contato com algo sólido.

11 – Embora se pense que elas possam sobreviver a um ataque nuclear, isso não é verdade. As baratas podem sobreviver a cerca de 20.000 rads, unidade em que a radiação é medida. A bomba nuclear de Hiroshima atingiu cerca de 34.000.

Fonte: MegaCurioso

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo