Gadoo - Notícias e Curiosidades

12 coisas sobre o nosso planeta que ainda são um mistério

Compartilhe:

O nosso planeta já foi bastante estudado, mas ainda existem perguntas para serem sem resposta.

Pesquisadores e estudiosos estão sempre com novidades e essas lacunas podem ser preenchidas a qualquer momento.

A seguir, trazemos 12 coisas sobre a Terra que ainda são um mistério.

Confira:

1. Ainda não atingimos o manto terrestre: sismólogos supõem que o núcleo interior da Terra seja duro, possua o exterior líquido e extremamente quente. O manto fica por cima do núcleo, e é por cima do manto que desliza a crosta terrestre. Porém ainda não foi possível saber do que é feito o manto, já que nunca chegamos até lá. Ele está localizado a uma profundidade de 30 a 2900 quilômetros, e a cratera mais funda já explorada e cavada pela humanidade é o Poço Superprofundo de Kola, Rússia, onde a profundidade é de 12,3 quilômetros.

Coisas sobre o nosso planeta que ainda são um mistério

Seleção traz 12 coisas sobre o nosso planeta que ainda são um mistério. Ainda existem muitas perguntas sem respostas. Foto: © wikimedia  

2. Os polos podem se inverter: há a possibilidade de que os polos magnéticos da Terra se movimentem ou mudem de direção. Pesquisadores descobriram ao investigar as rochas vulcânicas que o campo magnético do nosso planeta já mudou várias vezes. Há 10 bilhões de anos, foi a última vez em que isso aconteceu, e é provável que volte a acontecer no futuro. Mas ainda não se sabe o motivo que leva a isso.

Foto:

Foto: © depositphotos  

3. A Terra já teve duas Luas: de acordo com astrônomos, há cerca de 4,6 milhões de anos, a Terra possuía duas luas. A outra girava na mesma órbita, tinha 1.200 quilômetros de diâmetro e se chocou contra a “Lua principal”. Essa pode ser a explicação de as duas faces da Lua serem tão diferentes entre si.

Foto:

Foto: © depositphotos  

4. Terremoto lunar: a Lua também tem seus “terremotos”, porém eles são diferentes dos terremotos terrestres, pois são muito intensos e ocorrem raramente. Uma hipótese é a de que eles são ocasionados pelas forças do Sol e do nosso Planeta, além da queda de meteoros.

Foto:

Foto: © wikispaces  

5. A Terra gira muito rapidamente em torno do próprio eixo: isso ocorre a uma velocidade de 1.600 quilômetros por hora. Ela gira em torno do Sol a uma velocidade maior – 108 mil quilômetros por hora. Só seria possível sentirmos o movimento se a velocidade se alterasse. Não sentimos nada devido a constância da rotação terrestre e da gravidade.

Foto:

Foto: © pixabay  

6. O tempo “aumenta”: o dia na Terra tinha a duração de 21,9 horas há 620 milhões de anos. Com o passar do tempo, o planeta diminui sua velocidade de rotação, no entanto isso ocorre muito devagar, cerca de 70 milissegundos a cada 100 anos. Portanto, são necessários, 100 milhões de anos para que o dia tenha 25 horas.


PUBLICIDADE

7. Gravidade esquisita: a Terra possui pontos com gravidade alta e baixa. Pesquisadores descobriram que a baixa gravidade na Baía de Hudson, no Canadá, está relacionada com a baixa densidade da Terra devido ao derretimento das calotas polares.

Foto:

Foto: © nasa  

8. Os pontos mais quente e mais frio da Terra: Al Aziziya (Líbia) é o lugar mais quente do nosso planeta, com temperaturas que podem atingir 58º C. Na Antártida, fica o lugar mais frio, que pode atingir 73º C negativos no inverno. A menor temperatura (89,2º C negativos) foi registrada dia 21 de julho de 1983, na Estação Vostok, base russa na Antártida.

9. O planeta está muito poluído: segundo astronautas, a vista atual da Terra a partir do espaço é bem diferente da vista de 1978. Devido à grande quantidade de lixo espacial e resíduos, o planeta verde, azul e branco está ficando marrom, cinza e preto.

Foto:

Foto: © wikimedia  

10. A separação do planeta de acordo com sua composição seria, 32,1% de ferro; 30,1% de oxigênio; 15,1% de silício e 13,9% de magnésio. Acredita-se que cerca de 90% do ferro fique no núcleo. E o oxigênio, aproximadamente 47%, é encontrado em grandes quantidades na crosta terrestre.

Foto:

Foto: incrivel.club

11. Em algum momento, a Terra foi violeta: antigamente as plantas não utilizavam a clorofila para absorver os raios solares, usavam o retinal. Com essa substância, elas absorviam a luz verde e refletiam luz vermelha e lilás, e quando estas eram misturadas, formavam o violeta.

Foto:

Foto: © depositphotos  

12. Oceano oculto: pesquisadores descobriram uma enorme fonte de água com 2,7 bilhões de anos de idade a uma profundidade entre 410 e 660 quilômetros sob a Terra. Esse líquido foi descoberto graças à ringwoodita, mineral que compõe o manto terrestre. A quantidade de água poderia encher 3 vezes todos os oceanos da Terra, e fica sob grande pressão. Após essa descoberta, surgiu a teoria de que os oceanos terrestres surgiram deste oceano subterrâneo.

Foto:

Foto: © wikimedia  

Fonte: Incrivel

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo