Gadoo - Notícias e Curiosidades

12 tocantes histórias reais que ninguém vai conseguir ignorar

Compartilhe:

Estas histórias são reais e certamente emocionarão muita gente por aí.

Elas retratam momentos simples, mas que podem fazer toda a diferença na vida de alguém.

Quer ver só?

A seguir, confira 12 tocantes histórias reais que ninguém vai conseguir ignorar:

1. “Sinto-me a filha mais feliz do mundo. Meus pais sempre fazer algum tipo de… não sei como dizer. Por exemplo, quando minha mãe se levanta no meio da noite para ir ao banheiro ou para beber um copo de água, meu pai se levanta em seguida, com rapidez deixa um monte de livros e revistas sob o cobertor, coloca o gato por cima e estende bem o lado da cama onde minha mãe dorme, deixando bem plano! E então, como se nada tivesse acontecido, ele se deita novamente. Minha mãe ao voltar vê toda a confusão e grita ‘vou matar você, velho desgraçado!’, arranca o cobertor dele, joga um travesseiro. Então brigam por cerca de cinco a sete minutos, dão um beijo e voltam a dormir. Mamãe tem 50 anos e meu pai, 55 anos. Quem disse que todos amadurecemos em algum momento?”

2. “Meu gato salvou a minha vida. Estava tomando banho, enquanto o gato dormia na pia. Quando percebi que a água estava ficando fria, levantei, abri a torneira de água quente, escorreguei e cai. Acordei porque alguém estava batendo no meu rosto. Acontece que eu tinha desmaiado e estava quase afundando, quando o gato, sentado na borda da banheira, miava como um louco e me dava patadas para me acordar”.

Tocantes histórias reais que ninguém vai conseguir ignorar

Seleção traz 12 tocantes histórias reais que ninguém vai conseguir ignorar. Histórias são emocionantes e fazem todo sentido para a vida de muita gente. Foto: © topglobus.ru  

3. “Minha filha tem 4 anos e, quando passeamos pela cidade, ela gosta de ouvir os músicos de rua e de lhes dar moedas. Nesses dias fomos passear e conhecemos alguns caras tocando bateria. Minha menina passou 20 minutos dançando na frente deles, deu-lhes todas as moedas que tinha. E, quando já estávamos indo, deu a cada um deles um doce. Os garotos ficaram felizes”.

4. “Saí de casa para ir estudar 2.000 quilômetros longe de meus pais. Eu estava falando com a minha mãe e eu ouvi uma criança chorar do outro lado. Descobri que meu pai começou a imitar uma foca chorando para me irritar, para que assim eu não sentisse muita falta dele. Amo essas palhaçadas”.

5. “Uma tarde eu estava na estação de trem comprando um bilhete para voltar para casa. Eu tinha o dinheiro exato para pagar, mas o dispositivo tinha engolido algumas moedas e, por isso, não tinha mais o valor total. Estava procurando nos meus bolsos e disse em voz alta: ‘Raios, onde vou arranjar o dólar que me falta?’. De repente, ouvi uma voz atrás de mim dizendo: ‘O grande irmão vai te ajudar’. Virei e vi um morador de rua me oferecendo um dólar. E dizem que a bondade não existe hoje em dia”!

6. “Odeio a sopa do meu marido. Mas, quando a prepara, como silenciosamente e sorrio. Porque, um dia, quando voltei do trabalho mais cedo, eu vi com quanto de amor e carinho ele cortava coraçõezinhos de cenoura. A sopa é terrível. Mas o amor é grande”.


PUBLICIDADE

Foto:

Foto: © Pixabay.com  

7. “Mamãe me deu um galhinho de alguma planta dizendo que, quando florescesse, eu conheceria o amor da minha vida. Ontem meu gato o comeu. Eu não sei o que pensar agora”…

8. “Em 2009 adotamos uma criança do orfanato. Ela tinha 3 anos e meio. Como naquele lugar não dão muitos doces para as crianças, o pequeno não conhecia o gosto dos chocolates. Nós fomos a um supermercado e disse ao meu filho: ‘Aqui você tem uma cesta, coloque o que quiser. Você pode levar qualquer coisa. Comprarei o que quiser’. De toda a loja, escolheu uma caixa de chá, um saco de biscoitos e um Kinder Ovo. Ele disse que isso era o suficiente. Até hoje, quando me pede dinheiro para seus gastos, traz tudo o que compra para casa. Eu digo: ‘Come você, filho.’ Mas é inútil. Ele diz que você sempre tem que dividir”.

9. “No Halloween do ano passado, convenci uma amiga a nos acompanhar num bar. Ela não gosta de festas e tem preguiça de inventar uma fantasia. No fim, ela concordou, mas não se complicou: colocou um manto, alguns bobes no cabelo, pegou um ursinho de pelúcia e uns chinelos macios. Ela se tornou a estrela da festa, conquistou o segundo lugar no concurso de fantasias e até havia uma fila de pessoas que queriam tirar uma foto com ela”!

10. “Meus amigos dizem a meu cão ‘Papai Tereso’. Você não pode passar reto ao ver outros precisando de ajuda. Tudo começou quando ele resgatou de uma vala quatro filhotes de cachorro e sua mãe, que estavam morrendo de frio. Então ele começou a resgatar gatinhos e levá-los para casa. Agora é especializado resgate no lixo: tira dali os gatinhos e cachorrinhos. Em casa, lambe bem cada um para deixá-los limpos. E logo tenho que encontrar um lar a todos os peludos resgatados. Mas estou muito orgulhosa do meu herói de quatro patas”!

11. “Estamos casados há 5 anos, mas até agora eu não consegui confessar para minha esposa que eu sou a pessoa com quem ela discutiu em um fórum sobre o ‘Harry Potter’ por 2 anos. Tenho medo de que me mate”.

12. “Eu tinha uns 15 anos. Meu avô cuidava de cavalos em uma fazenda. Uma vez ele me deixou montar um deles e a minha felicidade não tinha limite.

Ia cavalgando o cavalo preferido do meu avô, queria fazer o cavalo ir mais rápido, mas o animal, ao contrário, diminuiu a velocidade e começou a andar forçado. De repente, ele parou e se recusou a seguir em frente. Em um instante, com a luz lançada pelo farol de um carro que vinha atrás, vi um fio de alumínio brilhando penturado numa árvore bem na frente do meu nariz. Se o cavalo não tivesse parado, com certeza eu teria perdido a minha cabeça, literalmente. Quando baixei a cabeça e passamos por esse lugar, o cavalo começou a cavalgar novamente. Isso foi como um animal salvou a minha vida”.

Fonte: Incrivel.club, Brightside

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo