Gadoo - Notícias e Curiosidades

14 celebridades que venceram suas batalhas contra o vício

Compartilhe:

Geralmente as pessoas pensam que as celebridades são pessoas perfeitas e que não passam por grandes problemas.

Mas o fato é que quem pensa assim está enganado, pois os famosos são pessoas como eu ou você, portanto estão sujeitas a enfrentar situações complicadas na vida.

Veja, a seguir, 14 celebridades que venceram suas batalhas contra o vício.

Confira:

1. Angelina Jolie: a biografia da atriz tem relatos de experiências amargas, pois Angelina sofria de depressão e anorexia. Ela relatou: “Eu usei quase todos os tipos de drogas existentes. Aqueles foram tempos muito sombrios para mim”. Quando ela atuou no filme “Lara Croft”, já estava “limpa”. Após isso, a atriz se tornou mundialmente famosa, adotou uma criança, iniciou o romance com Brad Pitt e adotou mais filhos. A estrela venceu o vício com ajuda de pessoas próximas.

Celebridades que venceram suas batalhas contra o vício

Seleção traz 14 celebridades que venceram suas batalhas contra o vício. Até mesmo as estrelas passam por situações difíceis. Foto: © 3 Arts Entertainment   © Aflo Images/East News  

2. Robert Downey Jr.: o ator passou por um período de uso de drogas ilícitas, o que resultou em escândalos, perda de contratos com grandes estúdios e sérios problemas com a lei. Ele foi condenado a 16 meses de prisão e tratamento obrigatório. Robert passou quase um ano em uma clínica e se livrou do vício. Após isso, obteve novos papéis e fez sucesso em “Homem de Ferro”.

3. Adele: no início da carreira, ela se preocupava muito com o desempenho nos palcos e, para ter coragem, começou a beber antes dos shows. Como consequência, o problema aumentou. “Uma vez que fiquei tão bêbada que, quando eu tive que ir para o palco, esqueci as letras das minhas próprias músicas. Foi a pior noite da minha vida”, contou a cantora, que decidiu largar o vício em 2009, quando sua voz começou a ficar prejudicada.

Foto:

Foto: © eastnews   © eastnews  

4. Anthony Hopkins: em 1964, ele conseguiu um emprego no Teatro Nacional e mais tarde daquele mesmo ano foi demitido por embriaguez. “Na minha juventude, eu pensava que beber ajudasse a relaxar, se sentir livre e, como consequência, ser um ator melhor. Muitas pessoas na minha profissão pensam da mesma maneira. Elas estão errados”, relatou. Certo dia, Hopkins acordou ao volante de seu carro em um lugar completamente desconhecido e não conseguiu lembrar como havia chegado lá. “Como estava bêbado, eu ocasionalmente adormeci ao volante. E poderia facilmente esmagar em outro carro ou atropelar um pedestre”, afirmou. Após o ocorrido, o ator largou a bebida. Hoje, está com 79 anos e está sóbrio há 41.

Foto:

Foto: © eastnews   © eastnews  

5. Drew Barrymore ela se tornou viciada em álcool aos 13 anos de idade. A atriz se envolveu em inúmeros escândalos, e overdoses que a levaram a passar um período de oito meses em uma clínica de reabilitação. Hoje, Drew é muito procurada, além de produtora de estúdio de cinema e mãe. Quando questionada sobre o que a ajudou a vencer a depressão, ela disse: “Às vezes, a vida a coloca de joelhos. Bem, esta não é uma postura apropriada para a oração?”

6. Em um documentário, Eminem disse: “Oi, meu nome é Marshall e sou adicto”. Há alguns anos, ele misturou drogas e teve overdose, e apenas uma intervenção médica rápida o salvou. O que ajudou o astro a se livrar do vício foi o senso de responsabilidade por sua filha biológica e pelas duas adotivas. Atualmente, ele é um exemplo como pai.

7. Kristin Davis começou a beber cedo e, aos poucos, quando tinha 25 anos, se tornou alcoólatra. Sua melhor amiga decidiu ajudá-la e persuadiu Kristin a participar de reuniões de Alcoólicos Anônimos. Desde então, a atriz não teve recaídas e até quis recusar o papel em “Sex and the City” quando descobriu que o mesmo envolvia beber coquetéis o tempo todo. “Eu tinha medo de me permitir até mesmo um copo de vinho”, afirmou.


PUBLICIDADE

Foto:

Foto: © eastnews   © eastnews  

8. O ator Daniel Radcliffe foi impedido de levar uma vida normal após o sucesso de filmes “Harry Potter” e entrou em depressão. Durante as gravações do último capítulo da saga, o ator aparecia bêbado. Em 2015, admitiu que sofria de dependência de álcool. Ele relatou: “Quando eu estava bêbado, me tornava uma pessoa diferente. Às vezes, eu acordava pela manhã em um apartamento desconhecido sem me lembrar de como eu havia chegado lá”. O ator exagerava na bebida e então, certo dia fez uma caminhada que durou cerca de cinco horas. Durante esse tempo, ele não sentiu desejo de beber. Foi quando percebeu que precisava andar ao ar fresco e se exercitar. “Hoje em dia, faço essas coisas todos os dias e não bebo nada”, relatou.

Foto:

Foto: © eastnews   © eastnews  

9. Samuel L. Jackson estudou na Faculdade de Drama do Morehouse College, em Atlanta, EUA, e após a formatura diretores se recusaram a trabalhar com ele por causa de seus problemas com álcool e outras drogas. Samuel precisou ir para um centro de reabilitação no final da década de 1980. Segundo o ator, o momento mais difícil em sua vida foi quando, enquanto ainda estava em reabilitação, olhou para os olhos de sua esposa e filha e disse: “Oi, sou Sam e sou viciado em drogas”. Após o término do tratamento, ele atuou em vários filmes, recebeu muitos prêmios de prestígio e se tornou exemplo como marido e pai.

10. Kelly Osbourne provavelmente herdou o vício de seu pai, Ozzy. Ela também consumia dezenas de comprimidos todos os dias, às vezes misturando-os com outras substâncias. Kelly estava insatisfeita com sigo mesma e isso aumentava, assim como seu peso e as doses de drogas. Durante o último tratamento de reabilitação, ela começou a gravar um novo álbum e a praticar esportes. Atualmente, a cantora parece ótima.

11. Sting: o cantor já foi “fã” de álcool e substâncias alucinógenas. No entanto, o constante consumo de bebidas alcoólicas levou a sua primeira mulher a deixá-lo, levando seus dois filhos. Após isso, ele decidiu iniciar uma nova vida. Atualmente, é exemplo como pai e marido.

12. O estilo de vida de Steven Tyler se resumia em “Sexo, drogas e rock-n-roll!” Mas após 20 anos, Tyler finalmente conseguiu se livrar de seus vícios com a ajuda de sua segunda esposa. Ele relatou: “Eu costumava causar dor à minha família, a meus filhos e a meus amigos”. A foto à esquerda foi tirada na época em que ele usava álcool e outras drogas, e os machucados não têm ligação com isso.

13. Elton John passou a usar drogas na juventude para superar a timidez. Com isso, amigos e outras pessoas próximas começaram a se afastar dele, e sua mãe foi embora para outro país. O cantor quase morreu de overdose em 1975. Em 1990, buscou tratamento e atualmente afirma que sua juventude foi perdida.

14. Britney Spears: a cantora gravou três álbuns muito bem-sucedidos em três anos. A agenda apertada, o ganho de bastante dinheiro e a fama contribuíram para que ela passasse por um período de abuso de álcool, uso de outras drogas e escândalos familiares. Britney foi privada do direito de ver seus dois filhos e isso abalou seu psicológico. O pai foi o responsável por resgatá-la com o apoio de seus entes queridos, ela começou a se recuperar. A cantora quase perdeu os filhos, família e carreira, mas conseguiu abandonar seu vício em drogas e retornou com sucesso ao mundo da música.

Fonte: Brightside

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo