Gadoo - Notícias e Curiosidades

15 lugares para visitar antes que desapareçam

Compartilhe:

O mundo está repleto de muitos lugares bonitos para se conhecer.

No entanto, à medida em que sofrem com as ações do homem, muitos desses locais maravilhosos estão sendo sendo destruídos, seja por meio de alterações climáticas, poluição, etc.

O fato é que por conta disso, existe o risco de que tais lugares desapareçam do mapa, acredita? Embora muitas medidas preventivas tenham sido tomadas e muitas restaurações feitas, ainda estamos em risco de perder alguns dos mais belos sítios históricos do mundo.

Mas mesmo diante disso tudo, eles ainda se constituem em ótimos destinos para quem deseja fazer uma bela viagem. Portanto, se for do seu interesse conhecer algum destes lugares, é melhor se apressar antes que o pior aconteça.

Abaixo, confira 15 lugares para visitar antes que desapareçam:

Lugares para visitar antes que desapareçam

Ações do homem estão destruindo muitos desses locais maravilhosos. Lista traz 15 lugares para visitar antes que desapareçam.

Barreira de Coral – Austrália

2

Cientistas preveem que a destruição pode ocorrer até 2030 por conta do aumento das temperaturas, além da poluição, pesca ilegal, entre outros.

Florestas da Tasmânia – Austrália

Foto: via sbs.com.au

Foto: via sbs.com.au

Muitos incêndios vêm acontecendo na região, oferecendo riscos de desaparecimento.

Ilhas de Seychelles – Oceano Índico

Foto: via fae-magazine.com

Foto: via fae-magazine.com

Estas ilhas estão desaparecendo devido à erosão da praia, sendo que os níveis do mar podem desaparecer dentro de 50 a 100 anos

Taj Mahal – Índia

5

O Taj Mahal é uma das sete maravilhas do mundo, mas pode não estar aqui por muito mais tempo devido ao dano contínuo da poluição. O crescimento da indústria, tráfego e população em Agra, a cidade onde está localizado, contribuem para sua destruição.

Pirâmides do Egito e Grande Esfinge de Gizé

6

Estas estruturas do antigo Egito sofrem com a erosão causada pela poluição. O esgoto corrói as estruturas e a poluição pode em breve levar à sua destruição total.

Veneza

7

Veneza foi afundando há anos e não dá sinais de parar. A elevação do nível do mar e as graves inundações estão contribuindo para o desaparecimento da cidade. Comparando-se à 100 anos atrás, quando ele inundaria cerca de 9 vezes por ano, hoje, a Praça de São Marcos inunda cerca de 100 vezes por ano. Além disso, o turismo também contribui para a sua destruição, visto que o lugar costuma receber mais do que suporta.


PUBLICIDADE

Babilônia

Foto: etc.ancient.eu

Foto: etc.ancient.eu

A Babilônia foi seriamente danificada pela guerra e pelo desenvolvimento. A cidade conhecida como o berço da escrita e da literatura foi destruído e reconstruído por muitas vezes e hoje, grande parte do que a cidade tem são ruínas e pedaços históricos.

Mar morto

9

A principal causa de seu desaparecimento é o Rio Jordão que se trata da única fonte de água do mar e é utilizado por vários países. Sua água vem diminuindo cada vez mais e, se isso continuar, o mar morto desaparecerá de vez.

Cidade proibida – China

10

Tentativas de restauração no local foram consideradas terríveis como azulejos antigos, tijolos, sendo que muitos itens foram roubados. Por enquanto, a estrutura ainda está acessível, mas não se sabe por quanto tempo.

Bacia do Congo – África

11

É a segunda maior floresta tropical do mundo, abrigando mais de dez mil espécies de plantas, mil espécies de aves, e quatrocentas espécies de mamíferos. A floresta pode ser prejudicada pela mineração ilegal, extração ilegal de madeira, a agricultura, a pecuária, e guerra.

Os Alpes

12

A cada ano, 3% do gelo glacial diminui e, se isso continuar, não haverá mais nenhuma geleira à esquerda nos Alpes em 2050.

A grande muralha da China

13

A erosão natural e as ações humanas destruíram cerca de dois mil quilômetros (trinta por cento) da parede. E se nada for feito, dentro de 20 anos grandes consequências podem surgir pela erosão.

The Florida Everglades

14

Um grande parque dos Estados Unidos. Hoje tem metade de seu tamanho há 100 anos atrás, isso devido às ações humanas.

Amazonas

Foto: via hopespeak.com

Foto: via hopespeak.com

Sua floresta se encontra cada vez mais destruída pela agricultura.

Reserva da Biosfera Borboleta-monarca

16

Muitas borboletas morreram após uma tempestade em 2002. Várias ações foram implantadas, mas se um dia tais espécies desaparecerem, provavelmente o parque não será mais atrativo.

Fonte: Therichest

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo