Gadoo - Notícias e Curiosidades

15 motivos para país nenhum aceitar refugiados

Compartilhe:

A aceitação ou não de refugiados em alguns países tem gerado muitas notícias atualmente. Mas será que há motivos para alguma nação aceitar estas pessoas?

A lista a seguir vai provar que não, afinal os refugiados certamente não são pessoas como as outras.

Além disso, não existe a menor possibilidade de que eles ajudem o país acolhedor ou mesmo o mundo, em qualquer instância.

Abaixo, confira 15 motivos para país nenhum aceitar refugiados:

1. David Tran, o criador do molho Tailandês sriracha, fugiu do Vietnã. Quem é que precisa desse molho?

Motivos para país nenhum aceitar refugiados

Você aceitaria algum refugiado em seu país? Seleção traz 15 motivos para país nenhum aceitar refugiados. Foto: David Mcnew / Getty Images

2. Você conhece Steve Jobs? Seu pai era um refugiado sírio. Mas que diferenças fazem as criações de Jobs para a humanidade?

Foto:

Foto: John G. Mabanglo / AFP / Getty Images

3. Albert Einsten fugiu da Alemanha em 1933. Albert quem?

Foto:

Foto: Doreen Spooner / Getty Images

4. Carl Djerassi criou o “ingrediente chave” para a pílula anticoncepcional. Ele fugiu da Áustria para os EUA com apenas 16 anos depois da Segunda Guerra Mundial. Desnecessário o controle de natalidade, não é mesmo?

Foto:

Foto: Tim Matsui / Getty Images

5. Os Donuts? Completamente inúteis. Adolph Levitt foi um refugiado russo que criou uma máquina para auxiliar em seu processo de fabricação.

Foto:

Foto: Eva Hambach / AFP / Getty Images

6. Felix Salten, criador do livro “Bambi”, fugiu da Alemanha em 1938. Que livro inútil! Só serviu pra fazer muita gente se emocionar. Mas se emocionar vale de quê?

Foto:

Foto: Disney

7. Chopin, um péssimo pianista, fugiu da Polônia para a França.

Foto:

Foto: General Photographic Agency / Getty Images

8. Wyclef Jean era um refugiado haitiano e foi ele quem iniciou o grupo musical Fugees, aos 19 anos. Grupo terrível, por sinal.


PUBLICIDADE

Foto:

Foto: Columbia Records

9. A artista MIA deixou o Sri Lanka aos 9 anos, pois fazia parte de uma minoria étnica sob perseguição. Quem é que gosta do trabalho dela? Ninguém, é claro!


10. Quem é que precisa de internet? Philip Emeagwali foi quem surgiu com a fórmula que permitia um grande número de computadores se comunicarem de uma só vez, e seus pais eram refugiados da Nigéria.

11. Quem é que ficaria interessado em conhecer um pouco sobre Iman, a primeira super modelo negra? Certamente ninguém. Sua família fugiu da Somália em 1972.

Foto:

Foto: Dimitrios Kambouris / Getty Images

12. O avô da cantora Olivia Newton John, Max Born, fugiu da Alemanha após conselho de Albert Einstein. Born foi o vencedor do Prêmio Nobel de Física em 1954. Mas isso não é nada importante.

Foto:

Foto: Paramount Pictures

13. A família de Gloria Estefan fugiu de Cuba durante a revolução que empoderou Fidel Castro. Mas quem se interessa pelo trabalho da cantora?

14. O criador do automóvel Mini, Alec Issigonis, fugiu para o Reino Unido durante a guerra entre a Grécia e a Turquia em 1922. Nada relevante!

Foto:

Foto: Keystone / Getty Images

15. Vários ex-refugiados já foram ganhadores do prêmio Nobel. Mas este é um prêmio completamente inútil.

Foto:

Foto: Via nobelprize.org

Fonte: Buzzfeed

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo