Gadoo - Notícias e Curiosidades

16 palavras que não possuem traduções literais para a língua portuguesa

Compartilhe:

Ao tentarmos traduzir “ao pé da letra” alguma expressão popular de um determinado idioma para a língua portuguesa, ela pode não fazer sentido algum ou ficar “estranha”.

Isso se deve ao fato de que em alguns casos o significado e entendimento da expressão ou palavra se dão apenas no contexto do idioma original.

A lista abaixo conta com 16 palavras que não possuem traduções literais para o português.

Confira:


PUBLICIDADE

1. “Waldeinsamkeit” (alemão): sentimento de solidão de alguém que se encontra envolto por árvores e em contato com a natureza.

Palavras que não possuem traduções literais para a língua portuguesa

Ao traduzirmos alguma expressão popular de outro idioma, ela pode ficar “estranha”. Lista traz 16 palavras que não possuem traduções literais para a língua portuguesa. Foto: Reprodução/Huffing Post

2. “Culaccino” (italiano): marca que um copo de água gelada deixa sobre mesas.

3. “Iktsuarpok” (esquimó): sensação de que alguma pessoa está chegando e que nos deixa um pouco impacientes, fazendo-nos verificar se ela está realmente do lado de fora de onde nos encontramos.

4. “Komorebi” (japonês): descrição poética de quando a luz solar chega à folha de uma árvore, fazendo sombra e buracos de luminosidade.

5. “Pochemuchka” (russo): pessoas que perguntam demais sobre certo assunto.

6. “Sobremesa” (espanhol): na Espanha faz referência a conversar (após a refeição) com pessoas com as quais almoçamos e jantamos.

7. “Jayus” (indonésio): descrição de uma piada ruim, mas que não conseguimos deixar de rir dela.

8. “Pana Poo” (havaiano): quando levamos os dedos à cabeça (como quando esquecemos onde colocamos alguma coisa).

9. “Dépaysement” (francês): sentimento de não pertencimento a uma cultura ou país.

10. “Goya” (urdu): normalmente empregada para analisar as narrativas de histórias (se são capazes de criar um bom suspense do que estará por acontecer nas próximas páginas).

11. “Mangata” (sueco): caminho de luz criado pelo reflexo da Lua sobre a água do mar.

12. “Litost” (tcheco): sentimento de quando ficamos agoniados com a possibilidade de nossa própria miséria no futuro e ficamos imaginando o estado em que nos encontraríamos.

13. “Drachenfutter” (alemão): usada para quando maridos presenteiam suas esposas em compensação às desculpas não convincentes por terem chegado tarde ao lar.

14. “Prozvonit” (tcheco): gíria usada para quando recebemos “um toquinho” da pessoa que quer que liguemos de volta.

15. “Tartle” (escocês): sabe quando vamos cumprimentar alguém que não víamos há tempos e não nos lembramos do nome da pessoa? É isso.

16. “Wabi-Sabi” (japonês): estilo de vida em que se aceita o ciclo natural do crescimento e do declínio da vida.

Bônus

“Cafuné” (português brasileiro): carícias na cabeça – este não se traduz para outras partes do mundo.

Fonte: Megacurioso

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo