Gadoo - Notícias e Curiosidades

5 desastres que poderiam levar ao fim do mundo inesperadamente

Compartilhe:

Iniciar as segundas-feiras no trabalho podem parecer o fim do mundo, mas claro que não são. O fim chegaria realmente se um asteroide colidisse com o nosso planeta, ou se fossemos atingidos por um megatsunami, por exemplo.

Coisas como estas podem acontecer a qualquer momento, sabia? E ainda pior, estes eventos poderiam chegar sem aviso algum.

A lista abaixo conta com 5 possíveis maneiras de morrermos amanhã, e inesperadamente – tudo de acordo com a ciência.

Confira:

Desastres que poderiam levar ao fim do mundo inesperadamente

A colisão de um enorme asteroide com o nosso planeta poderia levar ao fim nossa espécie. Lista traz 5 desastres que poderiam levar ao fim do mundo sem aviso prévio.

1 – Super vulcão

Overview of steep mountains surrounding Lake Toba.

O super vulcão localizado no lago Toba, na ilha de Sumatra, Indonésia, causou a maior erupção há 25 milhões de anos, quando “explodiu” pela última vez.

Ele pode estar prestes a entrar em erupção novamente, e como acontece com qualquer super-erupção, as grandes quantidades de cinzas e dióxido de enxofre

produzidos poderiam ter um efeito devastador sobre o clima global, além de causar enormes tsunamis que varreriam todo o oceano Índico.

2 – Supertempestade solar

Solar flare hitting Earth, artwork

Uma “supertempestade solar” poderia queimar estações de energia, cortar o abastecimento de água e deixar milhões de pessoas morrendo de fome. Há uma chance de 12% de uma dessas tempestades atingir a Terra na próxima década.

Este poderia ser um dos desastres naturais mais graves e de grandes porções que o mundo poderia enfrentar, de acordo com o que afirmou o consultor de clima espacial, John Kappenman. O único relato de uma supertempestade que atingiu o nosso planeta tem mais de 150 anos e ficou conhecido como “Evento de Carrington”.


PUBLICIDADE

3 – Tsunami

Gale at West Burra on Shetland

Poderia uma enorme tsunami atingir o Mar do Norte, no oceano Atlântico que banha o continente europeu? Alguns especialistas acreditam que sim. Os cientistas sugerem que há mais de 6.000 anos, o aumento dos níveis do mar, atribuído a um clima em mudança e um rápido derretimento do gelo, acrescentou peso aos depósitos glaciais submarinos na borda da plataforma continental norueguesa, desestabilizando-a.

Isso causou um longo deslizamento de terra de 300 quilômetros de comprimento, o que culminou em uma enorme onda que pode ter chegado a 20 metros de altura em Shetland, um grupo de ilhas localizado na Escócia.

Especialistas sugerem que um clima aquecendo rapidamente pode significar que um evento semelhante possa ser possível de acontecer atualmente.

4 – Armas biológicas

84

“A biotecnologia está claramente avançando de maneira rápida, e em 2020 haverá milhares, até mesmo milhões de pessoas com a capacidade de causar um desastre biológico catastrófico”, afirmou o astrônomo Martin Rees.

Isso devido ao surgimento do campo da “biologia sintética”, ocorrido em 2010, quando um cientista acrescentou DNA sintético a uma célula bacteriana a fim de criar uma “nova” forma de vida. Um especialista em ética, de Oxford, advertiu que ele abriu a porta para “as armas biológicas imagináveis mais poderosas”.

5 – Asteroide

Asteroid impact, artwork

A NASA afirmou ter detectado mais de 97% dos asteroides com potencial destrutivo de planetas do sistema solar, objetos de medida aproximada entre 9,6 a 11 quilômetros de largura semelhantes aos que mataram os dinossauros. Mas algumas dessas rochas espaciais podem não ser monitoradas pela NASA.

Fonte: Metro

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo