Gadoo - Notícias e Curiosidades

9 melhores franco-atiradores da história

Compartilhe:

Durante uma guerra, ter as armas certas faz toda a diferença. Os franco-atiradores ou snipers são membros das forças armadas extremamente necessários para abater inimigos a longas distâncias usando tais armamentos.

Eles são conhecidos por sua precisão e podem acabar com os adversários com apenas um disparo.

A lista abaixo traz os 9 melhores franco-atiradores da história

Confira:

1. Rob Furlong, do Canadá, é um ex-atirador e dono de um dos recordes de disparo mais longo registrado, o de 2.430 metros. No ano de 2002 ele acertou fatalmente um integrante da Al-Qaeda que estava escondido em meio a um arbusto.

Melhores franco-atiradores da história

Durante uma guerra, ter as armas certas faz toda a diferença e pode decidir o conflito. Lista traz 9 melhores sniper, ou franco-atiradores, da história.

2. Craig Harisson, da Grã-Bretanha, acertou e matou dois talibãs que se encontravam mais de 2.476 metros de distância dele. Ele utilizou o rifle Accuracy International L115A3.

141

3. Chuck Mawhinney, dos EUA, atuou na Guerra do Vietnã. No período de 16 meses o militar abateu pelo menos 103 pessoas. Somando a números de outras missões, ele matou 213 pessoas.

142

4. Vasily Zaytsev, da Rússia, ficou conhecido com um dos melhores da Batalha de Stalingrado, na Segunda Guerra Mundial. Ele matou 242 soldados alemães nesse conflito. Seu número de mortes ao fim da Guerra chegou a 468.

143


PUBLICIDADE

5. Lyudmila Pavlichenko, da Ucrânia, ficou conhecida como a melhor mulher franco-atiradora do mundo. Em dois meses de luta na região de Odessa, ela abateu mais de 187 pessoas, além de 36 franco-atiradores inimigos.

144

6. Francis Pegahmagabow provavelmente foi um dos mais eficientes durante a Primeira Guerra Mundial. Ele matou mais de 378 alemães.

145

7. Adelbert Waldron atuou durante Guerra do Vietnã e matou 109 pessoas.

146

8. Carlos Hathcock também combateu na Guerra do Vietnã e matou mais de 93 vietcongs. Ele tinha o apelido White Feather (Pena Branca, em inglês) porque usava uma pena branca em seu chapéu e graças à sua determinação incansável foi homenageado, e um rifle recebeu o nome de seu apelido.

147

9. Simo Hayha, da Finlândia, matou pelo menos 505 pessoas durante a Guerra Soviético-Finlandesa. Ele se camuflava na neve, em temperaturas de -20 °C e -40 °C, usando uma roupa completamente branca.

148

Fonte: MegaCurioso

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo