Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mãe fotógrafa escreve palavra “Love” com cordão umbilical ainda unido à bebê recém-nascido e imagem faz sucesso na web

Compartilhe:

Uma mãe registrou a imagem de seu bebê recém-nascido unido à placenta pelo cordão umbilical, disposto de maneira a formar a palavra “Love” (amor, em inglês).

Emma Jean Nolan, uma parteira 30 anos de idade, compartilhou a imagem em preto e branco em uma rede social a fim de aumentar a consciência de uma bela e sagrada tradição, que é pouco conhecida. Ela é uma prática cultural Maori chamada “whenua”.

A mulher, de Brisbane, Austrália, tirou o fotografia uma hora e meia depois do nascimento de Harper Hoani Spies, e disse que a placenta não é algo apreciado na cultura ocidental.

Emma disse que queria chamar a atenção para “whenua”, palavra que significa “placenta” e também “terra”, que remete a uma antiga tradição que consiste em enterrar a placenta de um bebê depois que ele nasce.

Mãe fotografa escreve palavra “Love” com cordão umbilical ainda unido à bebê recém-nascido

Emma Jean Nolan, da Austrália, fotografou seu bebê recém-nascido unido à placenta pelo cordão umbilical que formava a palavra “Love” e postou imagem na internet.

Depois de a imagem receber milhares de “curtidas” e diversos comentários, Emma disse que decidiu registrar o momento porque a maioria das pessoas nunca teria visto um recém-nascido ligado à sua placenta, e acrescentou que o mundo ocidental possui uma atitude completamente diferente em relação ao parto.


PUBLICIDADE

141

Na tradição Maori, enterrar “whenua” e “pito” (cordão umbilical) representa a afinidade espiritual e física entre um bebê e “Papatuanuku” (mãe Terra) ao longo da vida.

142

143

Fonte: DailyMail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo