Gadoo - Notícias e Curiosidades

Os 8 brinquedos mais perigosos para as crianças

Compartilhe:

Todos nós sabemos que alguns brinquedos podem oferecer riscos para as crianças, principalmente os que possuem peças pequenas.

Mas o fato é que esse não é o único problema, pois há alguns produtos que são extremamente arriscados por outros motivos.

Pensando nisso, trazemos os 8 brinquedos mais perigosos para as crianças.

Dá só uma olhadinha:

8. Brinquedos com hélices: geralmente são indicados para adolescentes, pois as crianças não sabem lidar com eles uma vez que correm o risco de se cortarem com as lâminas. Neste caso, prefira as hélices de plástico macio e com bordas suaves.

Os brinquedos mais perigosos para as crianças

Seleção traz os 8 brinquedos mais perigosos para as crianças. Você vai se surpreender com os riscos que eles oferecem. Foto: © depositphotos  

7. Kit médico de brinquedo: as crianças podem acabar com algumas partes do brinquedo no nariz ou em vias respiratórias, havendo risco de as peças ficarem presas. Essa brincadeira também pode despertar o interesse dos pequenos em comprimidos, seringas e tesouras. Prefira os kits que não possuam peças pequenas, seringas ou instrumentos para verificar nariz e boca.

Foto:

Foto: © depositphotos  

6. Boias: elas não garantem total segurança, já que pode sair dos braços facilmente. Alguns produtos também possuem isoforona tóxica, fenol e hexanona, os dois primeiros são cancerígenos. Ele ainda pode causar irritações na pele. Evite usar o item por mais de meia hora, e ajuste o tamanho das boias ao tamanho da criança. Além disso, tenha sempre a supervisão de um adulto.

Foto:

Foto: © depositphotos  

5. Brinquedos com pilhas: algumas baterias podem se assemelhar a doces, e seu filho poderá colocá-las na boca. Esse produto pode ser deglutido facilmente e o lítio contido nele pode provocar envenenamento e queimaduras. Neste caso, assegure-se de que o item não se romperá facilmente.

Foto:

Foto: © depositphotos  

4. Armas de brinquedo: em geral, as crianças não sabem de qual distância o tiro deve ser dado, além de outras medidas de segurança necessárias. Dessa forma, isso pode causar algum tipo de lesão, inclusive nos olhos de alguém. Neste caso, compre sempre brinquedos com óculos de proteção.


PUBLICIDADE

Foto:

Foto: © depositphotos  

3. Kits magnéticos: este popular brinquedo geralmente é indicado para adolescentes com mais de 14 anos. Fica o alerta porque crianças podem tentar separar as bolinhas com os dentes e acabar engolindo várias delas de uma só vez. Quando engolidos, estes fortes imãs se ligam e causam consequências às paredes intestinais. Opte sempre por brinquedos em que os imãs são protegidos por tampas de plásticos.

Foto:

Foto: © depositphotos  

2. Balões de ar: podem acabar assustando as crianças ou provocar surdez. Com o susto após um balão estourar na boca, as crianças podem acabar engolindo pedaços dele. O brinquedo só é recomendado para crianças acima de 8 anos de idade. Evite adquirir balões originalmente enrugados ou com cheiro forte.

Foto:

Foto: © depositphotos  

1. Hand Spinner: uma parte do brinquedo pode se soltar durante a rotação e provocar ferimentos, além disso há o risco de crianças engolirem partes do mesmo. O brinquedo também provoca dificuldades de concentração. Em diversos estados dos EUA, ele é proibido nas escolas. Substitua-o por outro brinquedo que também estimule as habilidades motoras finas.

Como escolher um brinquedo seguro:

a) Verifique o tamanho: todo brinquedo deve ter pelo menos 6 centímetros de comprimento e 3 centímetros de largura. Se for redondo, deve ter ao menos 5 centímetros de comprimento.

b) Evite brinquedos com cores vivas: amarelo muito forte, por exemplo, pode conter altos níveis de chumbo.

c) O brinquedo não deve possuir bordas afiadas ou furos grandes, para evitar cortes ou que o dedo fique preso, respectivamente. Prefira os brinquedos de tecido ou madeira sem pintura.

Fonte: Brightside

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo