Gadoo - Notícias e Curiosidades

7 coisas que as mulheres não deveriam fazer jamais em suas vaginas

Compartilhe:

A vagina é um órgão extremamente sensível e que merece atenção e cuidados. Determinados hábitos podem acabar prejudicando a saúde dessa parte do corpo das mulheres.

Roupas apertadas, falta de higiene ou relação íntima desprotegida pode causar sérios danos.

Pesando nisso, trazemos 7 coisas que as mulheres não deveriam fazer jamais em suas vaginas.

Dá só uma olhadinha:

Coisas que as mulheres não deveriam fazer jamais em suas vaginas

Seleção traz 7 coisas que as mulheres não deveriam fazer jamais em suas vaginas. Alguns hábitos podem ser prejudiciais. Foto: emtempo

1. Usar protetor de calcinha todos os dias: fazer uso desse protetor todos os dias pode deixar a região úmida e quente, podendo então se tornar um espaço perfeito para bactérias, o que pode culminar no aumento do corrimento vaginal, no caso de infecções. Caso não consiga parar de usá-lo, recomenda-se que o produto seja trocado a cada 4 horas.

2. Tentar se livrar do odor natural do órgão: esta parte do corpo possui um odor, o que pode gerar certo desconforto em algumas mulheres. Por ser uma área quente e úmida, ela transpira, gerando o cheiro, completamente saudável. Ele só se torna preocupante caso fique mais forte do que o normal, quando há coceira e corrimento.

3. Usar vaselina como lubrificante: produtos que contêm petróleo podem gerar infecções vaginais. Prefira usar óleo profissional de qualidade e com Ph neutro. Outra recomendação é que jamais devem ser inseridos objetos estranhos ou alimentos dentro da vagina.


PUBLICIDADE

4. Usar duchas: realizar a limpeza excessiva do local não é bom para a sua saúde. As duchas são desnecessárias e podem alterar o equilíbrio das bactérias saudáveis da vagina. Alguns médicos alertam que a ducha pode ser a causa da doença inflamatória pélvica e da vaginose bacteriana. Lave o órgão apenas com água e sabão com pH neutro no banho e limpe com uma toalha limpa, mas não esfregue muito forte.

5. Expor sua vagina ao vapor: a prática de realizar assentos especiais com vapor, sem qualquer roupa por baixo pode resultar em queimaduras e irritação na área íntima, e ainda não existe comprovação da eficácia deste procedimento.

6. Usar de alimentos durante o ato íntimo (lembrando que é importante usar sempre preservativos durante o sexo) algumas pessoas gostam de inovar neste momento. No entanto, não é recomendado que se use produtos alimentícios, como chocolate, ou chantilly durante a relação, pois produtos que contém açúcar podem alterar as proporções de bactérias e leveduras na vagina, além de causarem infecções e também irritarem a vulva.

7. Limpar-se de forma incorreta depois de fazer xixi: realizar uma limpeza incorreta pode causar as mais comuns infecções, já que o ânus fica muito próximo da vagina, podendo levar bactérias para lá. A forma certa de se limpar após fazer xixi é iniciar na vagina e se mover em direção ao ânus. Ou seja, da frente para trás.

Atenção: cuide sempre deste órgão. A pele na vulva é mais fina e mais sensível do que a do corpo, e alguns hábitos que aparentemente são inofensivos podem queimar, irritar ou infectar a região.

Ao perceber qualquer alteração neste órgão, procure um médico especialista!

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo