Gadoo - Notícias e Curiosidades

7 cuidados primordiais que a mulherada precisa ter com a calcinha

Compartilhe:

A calcinha é uma peça indispensável no guarda roupa feminino. São vários os modelos e cores que podemos encontrar nas mais variadas lojas distribuídas em todo o mundo.

Porém, deixemos o aspecto da moda por um instante e nos atentemos para alguns cuidados primordiais para com essa peça tão utilizada pela mulherada.

De acordo com Gustavo Ventura, ginecologista atuante em São Paulo, a falta de higienização e o uso errado de calcinhas pode acarretar em algumas alterações e até mesmo doenças como a vaginose bacteriana e a candidíase (infecção causada por fungos).

Por conta disso, selecionamos aqui sete cuidados que você deve ter com sua calcinha, veja só:

Cuidados primordiais que a mulherada precisa ter com a calcinha

A calcinha é uma peça indispensável no guarda roupa feminino, mas você sabia que é preciso ter alguns cuidados com ela? Veja quais.

1. Calcinhas e biquínis são de uso individual

Não se preocupe com o que as pessoas pensarão de você caso não empreste sua calcinha. O fato é que a peça está em contato direto com a secreção da vagina e, com isso, as chances de contaminação de alguma doença são grandes. A exemplo disso podemos citar o HPV que pode ser adquirido tanto pelo contato sexual quanto pelo compartilhamento de toalhas e calcinhas.

2. Conheça o produto antes de comprar

Antes de comprar, averigue o tipo de produto que está prestes a adquirir.

As melhores calcinhas são feitas de microfibra ou algodão. “Tais materiais concedem a troca de calor, impedindo, assim, a acumulação de umidade na vagina”, disse a ginecologista Celia Regina da Silva. Assim, o acúmulo de fungos é reduzido significativamente.


PUBLICIDADE

3. Banheiro não é local de secar calcinha

Se lavou sua calcinha no banheiro, trate de secá-la no sol. O banheiro não é indicado para secar calcinhas, visto que possui alto nível de umidade, se tornando propício para a proliferação de fungos.

Outra coisa importante: o melhor jeito de se lavar calcinhas é na mão. Isto se dá pelo fato de que na maquina de lavar, a peça pode entrar em contato com fortíssimos produtos de limpeza que, quando acumulados e em contato com a vagina, podem causar graves irritações.

“É importante a utilização de um sabonete de coco ou neutro, pois estes são bactericidas”, diz Celia.

4- Aprenda a jogar calcinhas no lixo

Isso mesmo! Se sua calcinha está te apertando, jogue-a fora. Este incômodo só servirá para o aparecimento de assaduras e irritações, além de uma possível infecção.

5. O ideal é tampar o bumbum

Apesar de atraente, o fio dental não é a melhor opção. Além de expor a vagina a contaminações, o fio dental pode provocar algumas feridas. E se você já teve infecções genitais, um cuidado maior é necessário, pois o material deste tipo de calcinha ao entrar em contato com o ânus pode carregar algumas bactérias e a situação poderá ficar bem pior.

6. Jamais use uma calcinha suja

Mesmo que você não tenha outra calcinha, utilizar a que você já estava utilizando não é a melhor opção, ao passo que o suor e as secreções podem contribuir para a proliferação de microorganismos.

Sair sem a calcinha também não é interessante, pois, assim, você a expõe ao contato com a roupa que também não é ideal.

Uma alternativa é ter sempre contigo um absorvente. Assim, a vagina não entra em contato com a calcinha suja.

7- Não use calcinha para dormir

Ventilar sua parte íntima é de grande importância, visto que ela passa grande parte do dia toda coberta, altamente propensa ao desenvolvimento de bactérias. Por isso, durma sem calcinha.

Fonte: BrasilPost

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo