Gadoo - Notícias e Curiosidades

Arquiteto com fetiche por esfaquear mulheres durante relação íntima é condenado à prisão perpétua após matar doente mental

Compartilhe:

Um arquiteto prestigiado, que tinha desejo profundo por esfaquear mulheres enquanto tinha relação íntima com elas, recebeu pena de prisão perpétua após ser declarado culpado de um assassinato.

Graham Dwyer, de 42 anos, está ligado à morte da educadora Elaine O’Hara, de 36 anos, uma mulher que sofria com uma doença mental. O crime aconteceu em Dublin, Irlanda.

Ao fim de um julgamento de nove semanas, o juiz do caso condenou Dwyer, por unanimidade, como culpado.

Arquiteto com fetiche por esfaquear mulheres durante relação íntima é condenado à prisão perpétua

Graham Dwyer, que tinha desejo profundo por esfaquear mulheres enquanto tinha relação íntima com elas, recebeu pena de prisão perpétua após ser declarado culpado de assassinato.

Após assistir vídeos de Dwyer esfaqueando parceiras com quem tinha relação íntima, além de ler mensagens de texto que ele enviava às suas vítimas admitindo sede de sangue e compulsão por enfiar uma faca no interior delas, o homem foi considerado culpado por seus crimes.


PUBLICIDADE

44

Ele atacou, ao que se sabe, sete homens e cinco mulheres.

Nenhuma arma de seus crimes foram recuperadas. Devido a restos decompostos de O’Hara estarem apenas 65% intactos, registros dentários foram necessários para identificá-la e uma autópsia não cosneguiu explicar como ela morreu.

444

O pai de O’Hara, Frank, foi visto abraçando parentes após o veredicto foi entregue e disse que a justiça tinha sido feita.

Dwyer foi colocado em prisão preventiva e será sentenciado em 20 de abril, quando o tribunal vai ouvir declarações de impacto vítima.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo