Gadoo - Notícias e Curiosidades

Casal mata adolescente e pede direito de ter filhos antes de cumprirem a pena de morte

Compartilhe:

Um casal que sequestrou e assassinou um adolescente na Índia, pode agora desfrutar de visitas conjugais. Eles serão executados em nove meses.

O pedido dos dois ocorreu para que seus pais pudessem ter lembranças deles com um neto.

A decisão foi proferida pelo tribunal de justiça da Índia, que a considerou um direito humano fundamental a descendência.

O casal matou o garoto de 16 anos de uma família rica, depois de sequestrá-lo e exigir uma grande quantia para libertá-lo.

Casal mata adolescente e querem ter filho antes de cumprirem a pena de morte

Warped Jasvir Singh e sua esposa Sonia mataram um adolescente a sangue frio. Agora eles pedem permissão para terem relações conjugais antes de serem mortos.

Os dois foram perseguidos e presos, e, após um longo julgamento, foram condenados à morte.


PUBLICIDADE

44

No entanto, eles entraram com uma petição legal argumentando que tinham o direito de visitas íntimas e de terem filhos.

O tribunal rejeitou o pedido de relações sexuais, mas aceitou o pedido da geração de um filho. Seja através de visitas conjugais ou inseminação artificial, o pedido deveria ser permitido.

444

Oficiais de justiça da Índia haviam, inicialmente, rejeitado a alegação por conta da gravidade do crime.

Surya Kant disse que as autoridades devem tomar as providências para o desejo do casal ser realizado.

Os advogados de Jasvir haviam argumentado que ele é o único filho de seus pais.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo