Gadoo - Notícias e Curiosidades

Cientistas descobrem enzima “Pac-Man” capaz de comer nicotina e ajudar no tratamento contra o vício do cigarro

Compartilhe:

Um estudo descobriu uma “enzima Pac-Man” que poderia ajudar em uma nova e promissora terapia contra vício no cigarro.

O estudo, realizado pelo “Scripps Research Institute”, nos EUA, revelou que a molécula foi capaz de reduzir significativamente o tempo que a nicotina, substância encontrada no cigarro, permanece na corrente sanguínea.

Os pesquisadores descobriram que a enzima pode procurar e “comer” a nicotina antes que ela chegue ao cérebro, onde causa dependência.

Cientistas descobrem enzima “Pac-Man” capaz de comer nicotina

Estudo realizado pela “Scripps Research Institute”, EUA, revelou que enzima “Pac-Man” pode ajudar em nova e promissora terapia contra vício no cigarro.

A equipe acredita que ela possa ser utilizada para criar uma terapia anti-tabaco mais bem sucedida que outros tratamentos (falhos com até 90% dos fumantes), embora o estudo ainda esteja em fase inicial.


PUBLICIDADE

121

A enzima foi criada em laboratório pela equipe após mais de 30 anos de tentativas.

Eles descobriram que ela já existia na natureza em uma bactéria do solo de um campo de tabaco, e que consome nicotina como sua única fonte de carbono e nitrogênio.

O professor Kim Janda, um dos envolvidos no estudo, disse que a bactéria, chamada “Pseudomonas putida”, depende de uma enzima conhecida como “NicA2” para ajudá-la a “comer” a nicotina, como se fosse um pequeno “Pac-Man”.

Sua equipe realizou um estudo para testar com camundongos o seu potencial como uma terapia anti-tabagismo, e descobriu que ela foi capaz de reduzir significativamente o tempo que a nicotina permanece no sangue.

A pesquisa foi relatada no “Journal of the American Chemical Society”.

Fonte: DailyMail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo