Gadoo - Notícias e Curiosidades

Conheça a história da menina que nasceu totalmente sem sangue no corpo

Compartilhe:

Maisy Vignes é uma menina irlandesa que nasceu completamente sem sangue, e depois de quase cinco anos de recuperação milagrosa, começou a frequentar as aulas em uma escola normal, sem ter sequelas do fato raro.

Todo o suprimento sanguíneo da criança foi absorvido pelo corpo de sua mãe, Emma Vignes, durante a gravidez. A criança acabou ainda sobrevivendo, apesar de tudo contra ir contra ela.

Os médicos ficaram perplexos e temeram que a criança, que iria nascer seis semanas antes da data prevista, acabasse sofrendo danos cerebrais por conta da falta de oxigênio dentro do útero.

Conheça a história da menina que nasceu totalmente sem sangue

Maisy Vignes nasceu completamente sem sangue em seu corpo, e milagrosamente sobreviveu, se tornando uma criança normal e bem inteligente.

Maisy recebeu três transfusões de sangue nas duas primeiras semanas após o nascimento, que aconteceu em dezembro de 2009. Agora, com quase cinco anos de idade, ela impressiona seus professores, mostrando mais inteligência que crianças de sua idade.

Emma disse que o caso era realmente inacreditável, já que nenhum dos médicos tinha ouvido falar em algo assim. “Havia casos anteriores de crianças que nasceram com pequenas quantidades de sangue, mas Maisy tinha um nível de hemoglobinas totalmente zerado.”


PUBLICIDADE

De acordo com a mãe, a gravidez continuou sem problemas até a 34ª semana, quando ela sentiu inchaços preocupantes e sua filha parou de se mover no útero.

Depois de nascer, Maisy foi levada para a unidade de tratamento intensivo, sem nem ter conhecido a mãe. De acordo com Emma, as enfermeiras chegavam a todo momento, sempre com tensão em suas fisionomias.

A primeira transfusão de Maisy foi feita através de seu cordão umbilical. Seu pai, Mook Vignes, foi a primeira pessoa da família a conseguir ver a criança. Depois que Emma finalmente se encontrou com a filha, todo o aparelho de respiração já havia sido retirado, porém ela ainda era alimentada por meio de tubos.

Depois de tudo isso Maisy ainda recebeu mais duas transfusões de sangue e uma de plaquetas na semana seguinte, e foi apenas liberada do hospital no dia de Natal. “Foi o melhor presente que poderíamos imaginar”, disse a mãe.

Emma deu à luz um segundo filho do casal há aproximadamente quatro meses. O menino, chamado Ellis, nasceu normalmente, sem sustos desta vez para a mãe.

Ainda hoje ninguém sabe exatamente o que aconteceu para que o sangue de Maisy saísse de seu corpo e fosse para o da mãe, mas o alívio por este milagre certamente é o que mais importa nesta linda história com final feliz.

Fonte: Mega Curioso

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo