Gadoo - Notícias e Curiosidades

Corpo de idosa de 94 anos é encontrado na casa dela, sofrendo decomposição há 14 meses, apesar de filha morar no andar de cima

Compartilhe:

Autoridades de Gloversville, New York (EUA), estão investigando a morte de uma mulher de 94 anos, cujo corpo foi encontrado sofrendo decomposição há quase 14 meses. O mais surpreendente é que a filha da idosa morava no andar de cima.

O corpo de Ruller foi encontrado em 29 de dezembro de 2014, depois que a polícia recebeu um pedido de um parente para verificar a saúde da mulher.

Ruller morru há cerca de 14 meses, mas ninguém sabia – apesar dela compartilhar a casa com sua filha, Mary Kirsteen, e o neto, filho de Kirsteen, já adulto.

Corpo de idosa de 94 anos é encontrado na casa dela, sofrendo decomposição há 14 meses

Corpo de idosa de 94 anos de idade foi encontrado na casa dela, sofrendo decomposição há quase 14 meses, apesar da filha da mulher morar no andar de cima.

Uma autópsia não conseguiu determinar a causa da morte, porque o corpo de Ruller estava severamente decomposto.


PUBLICIDADE

Investigadores do Departamento de Polícia de Gloversville estão analisando registros financeiros da família para tentar descobrir se há uma possível conexão com a morte. Isso porque, muitas vezes, quando as pessoas não conseguem relatar a morte de uma pessoa idosa, talvez haja um motivo financeiro ligado.

Richard Ruller, um filho da mulher falecida, que vive no Colorado, acredita que não há motivos para encontrarem algum suspeito.

Fonte: Huffingtonpost

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo