Gadoo - Notícias e Curiosidades

Criança fica cega após pais a manterem vivendo em casa imunda e infestada de insetos

Compartilhe:

Um casal foi preso por negligenciar tanto os cuidados com o filho, que acabou o deixando cego. Gillian Hendry e Craig Dick, ambos de 34 anos de idade, mantiveram o menino de 12 anos e sua irmã de 2 em uma imunda e fedorenta casa em Thornaby, no Reino Unido.

O menino ficou cego do olho esquerdo por catarata, já que eles não conseguiram levá-lo para consultas no hospital que poderiam ter salvado sua visão.

Ele também se tornou cada vez mais debilitado pela artrite até que seus médicos chamaram serviços sociais para que pudessem dar-lhe o tratamento que ele precisava.

Criança fica cega após pais a manterem vivendo em casa imunda

Criança de 12 anos ficou cega por conta de catarata após viver em casa imunda e infestada por ratos. Pais foram presos.

Quando assistentes sociais foram até a casa da família, no dia 21 de agosto do ano passado, o casal não queria deixá-los entrar.

Eles voltaram com a polícia, que ficou chocada com o que encontrou.


PUBLICIDADE

22

O casal, que estava vivendo com recebimento de benefícios em Teesdale, expos os filhos a condições desumanas.

A cozinha estava suja e infestada de moscas, e no andar de cima o banheiro estava um caos.

222

Um quarto tinha sido usado como banheiro, e as camas das crianças tinham colchões sujos e sem lençóis.

O quarto do casal, em contraste, era relativamente arrumado, mas eles disseram que dormiam no primeiro andar.

As crianças foram retirada da casa com urgência. O menino agora vive com seu pai natural, e a menina, que é filha de Craig, está sendo colocada para adoção.

Os advogados do casal disseram que era improvável que eles pudessem cuidar das crianças novamente.

Hendry e Dick foram presos, por dois anos e meio e dois anos, respectivamente.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo