Gadoo - Notícias e Curiosidades

Crianças que ficam muito tempo jogando videogame têm mais chances de ter osteoporose

Compartilhe:

Crianças que passam a maior parte do tempo jogando videogames, seja nos computadores ou consoles. têm maior chance de fratura e osteoporose na vida adulta em relação às crianças que brincam ao ar livre.

A preocupação com o desenvolvimento dos adolescentes, sedentarismo e obesidade, é tão preocupante que um estudo foi desenvolvido na Noruega com o objetivo de alertar os pais.

Foram analisadas 463 meninas e 484 meninos entre 15 a 18 anos. Foi medida a densidade óssea e analisado cada estilo de vida dos participantes.

O que não foi novidade nos resultados é que os meninos passam mais tempo na frente de computadores do que as meninas. Portanto, o índice de massa corporal dos meninos é maior e o sedentarismo na adolescência tem um impacto grande comprometendo a massa óssea.


PUBLICIDADE

Isso implica que, um em cada cinco homens com idade superior a 50 anos sofre uma fratura decorrente da osteoporose. O nível de consciência sobre a doença levou a criação do “Dia Mundial da Osteoporose”. O estudo foi apresentado no Congresso Mundial sobre Osteoporose e Doenças Osteomusculares.

Pesquisa indica que crianças que jogam videogame têm maior chance de ter osteoporose quando adultos

Pesquisa indica que crianças que jogam videogame têm maior chance de ter osteoporose quando adultos

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo