Gadoo - Notícias e Curiosidades

Documentário relata história de menina de 16 anos levando a vida na pele de um bebê após nascer com síndrome jamais vista no mundo

Compartilhe:

Um documentário detalhou a vida de um adolescente que vive na pele de uma bebê, apesar de ter a idade de 16 anos. Tudo porque ela possui uma condição rara, ainda desconhecida.

A história de Brooke Greenberg, que nasceu em 1993, em Maryland, Baltimore (EUA), relata que os pais se assustaram quando notaram que ela não estava completamente desenvolvida quando chegou ao mundo.

Mesmo assim os médicos garantiram que os problemas poderiam ser corrigidos, mas Brooke acabou por não conseguir crescer no mesmo ritmo que outros bebês.

Documentário relata história de menina de 16 anos com síndrome rara levando a vida na pele de um bebê

Brooke Greenberg, que nasceu em 1993, em Maryland, Baltimore (EUA), levou a vida na pele de um bebê, embora tivesse 20 anos de idade quando faleceu, no ano de 2013.

No documentário, a mãe de Brooke, Melanie disse: “Ela não se encaixava com mais ninguém. Quando atingiu a idade de três anos, a nossa vida chegou a um impasse”.

88


PUBLICIDADE

Depois de tentativas com esteroides falharem, a menina foi diagnosticada com a Síndrome X – assim denominado porque ninguém tinha recebido o mesmo diagnóstico.

Durante os primeiros anos de sua vida, Brooke sofreu uma série de convulsões e até mesmo um acidente vascular cerebral – e quando ela completou cinco anos, caiu em um sono por 14 dias, devido a uma massa em seu cérebro.

888

A criança foi dada 48 horas de vida, mas milagrosamente se recuperou.

No entanto, Brooke não cresceu, e seu peso máximo até hoje foi de 7,7 quilos.

Devido à sua falta de desenvolvimento, Brooke parecia um bebê de sete meses de idade, quando na verdade era uma adolescente de dezesseis anos; enquanto ela não tinha capacidade de fala, era incapaz de andar e teve que ser alimentada através de um tubo diariamente.

A adolescente chegou a frequentar uma escola especial a partir da idade de cinco anos, onde aprendeu habilidades, incluindo a interação social, a reprodução de música e usando uma scooter feita especialmente para movimentos.

Tragicamente, Brooke faleceu em 2013 ,com a idade de 20 anos. A Síndrome de X ainda permanece sem explicação.

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo