Gadoo - Notícias e Curiosidades

Dono de motel passa 29 anos assistindo secretamente clientes tendo relações íntimas em seu estabelecimento

Compartilhe:

Um proprietário de um motel assistiu secretamente seus clientes tendo relações íntimas nos últimos 29 anos.

O “Manor House Motel”, em Aurora, Colorado, EUA, foi inaugurado em 1966 por Gerald Foos, e foi equipado com mais de 12 quartos que continham “tubos de ventilação” (que mediam 15×35 centímetros).

O homem contou com a ajuda de sua primeira esposa, Donna, para fazer os tetos falsos a fim de assistir aos casais que lá fretassem. Ele contou que a esposa até mesmo assistiu alguns “episódios” a seu lado.

Em 1980 Gerald, que é pai de dois filhos, contatou o jornalista Gay Talese através de uma carta e revelou ao profissional que havia testemunhado, observado e estudado o que chamou de “sexo não-laboratorial” entre casais durante 15 anos.

O proprietário do motel entrou em contato com o homem depois de ouvir falar de um estudo do jornalista sobre sexo, e por entender que partilhavam interesses semelhantes.

Dono de motel passa 29 anos assistindo secretamente clientes tendo relações íntimas

Gerald Foos, proprietário do “Manor House Motel”, em Aurora, Colorado, EUA, assistiu secretamente clientes tendo relações há 29 anos e sua esposa o apoiava.

Gay publicará um livro, intitulado “The Voyeur’s Motel” – falando sobre o que aconteceu no local – em julho deste ano.

2


PUBLICIDADE

O jornalista chegou a visitar Gerald no imóvel e ainda se juntou a ele para assistirem uma sessão de íntima. Após estabelecer uma relação de confiança com o homem, ele passou a receber centenas de páginas com anotações, até o ano de 1978.

O homem teria até testemunhado um assassinato. Gay perdeu contato com sua fonte por anos, mas o retomou em 2012. Em 2013, Gerald disse a ele que estava pronto para ir a público com sua história.

3

O ex-proprietário do motel – porque o estabelecimento foi vendido em 1995 e atualmente se encontra fechado – alegou que nenhum de seus clientes foi prejudicado por seu voyeurismo, uma vez que nunca souberam que ele os observava.

Gerald relatou ao site Denver Post que queria ser visto como um pesquisador sobre sexo e como um observador social, mas não como pervertido.

4

5

6

7

Fonte: DailyMail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo