Gadoo - Notícias e Curiosidades

Empresário pede desculpas após arrancar e comer coração de homem para provar que não era homossexual

Compartilhe:

Um empresário que arrancou e comeu o coração de um homem pediu desculpas à família da vítima. Ele teria cometido o crime para “provar que não era homossexual”.

Andrew Chimboza, de 35 anos, é proprietário de uma empresa de tingimento de janelas. Ele se declarou culpado do assassinato de Mbuyiselo Manona, de 62 anos, ocorrido no último ano em Gugulethu, na África do Sul.

O acusado disse à polícia que arrancou o coração da vítima e comeu o órgão logo depois. Ele queria mostrar que não era homossexual.

Empresário pede desculpas após arrancar e comer coração de homem

Um empresário que arrancou e comeu o coração de um homem pediu desculpas. Ele teria cometido o crime para “provar que não era homossexual”.

Chimboza compareceu ao tribunal esta semana e pediu desculpas pelo ataque. “Sinto muito pelo que fiz. Tenho muito remorso”, comentou.


PUBLICIDADE

22

Um policial teria encontrado o acusado mastigando a carne crua. Metade do pescoço da vítima teria sido comida pelo homem.

O ataque brutal ocorreu na noite de 10 de junho de 2014. Chimboza confirmou que Mamona o havia chamado de certos nomes que o deixaram constrangido. O criminoso pode enfrentar o resto da vida dentro da prisão.

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo