Gadoo - Notícias e Curiosidades

Estudante lésbica estrangula amiga até a morte após a convencer ter relação íntima como experiência

Compartilhe:

Uma lésbica apaixonada por sua amiga a estrangulou até a morte após convencer a colega a ter relação íntima como uma “experiência”.

Jessica Ewing, de 24 anos, e Samanata Shrestha, de 21, ambas estudantes de biologia na Virgínia, EUA, eram boas amigas.

Contudo, em um episódio elas haviam trocado um beijo. Para Samanata tratou-se apenas de uma curiosidade, mas para Jessica foi mais que isso. A última possuía um namorado, Scott, que inclusive sabia do episódio, e Jessica era lésbica e apaixonada pela amiga.

Após ser convidada para um jantar na casa da colega, Jessica alimentava a expectativa de ir para a cama com ela, no entanto, chegando ao local, ela percebeu que, em contrapartida, Samanata não estava produzida para uma noite especial, o que desapontou a pretendente.

Estudante lésbica estrangula amiga até a morte após a convencer ter relação íntima como experiência

Lésbica Jessica Ewing (esquerda) estrangulou a amiga Samanata Shrestha (Direita), por quem era apaixonada, até a morte, após terem relação que significou experiência para vítima.

Mesmo assim, após o jantar, elas foram ao ato íntimo, mas após ele acontecer, as duas discutiram, já que o fato, para Samanata, havia se tratado apenas de uma experiência.


PUBLICIDADE

Em um acesso de raiva, Jessica estrangulou a “amada” até a morte, além de deixar lesões na cabeça e no corpo da vítima. Em seguida, ela pôs o corpo da amiga em um saco de dormir, deixando na parte de trás de seu carro.

No entanto, quando foi para uma aula de estudo da bíblia, Jessica admitiu a um amigo que havia matado alguém. Juntos eles telefonaram aos pais da assassina e ela também confessou a eles.

O corpo de Samanata foi encontrado abandonado no carro, ainda nu. Jessica foi presa no mesmo dia.

No tribunal, ela foi condenada há 80 anos por homicídio em primeiro grau e cinco anos por transportar e esconder um corpo. Ela terá que cumprir 45 anos de pena antes de tentar ser libertada.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo