Gadoo - Notícias e Curiosidades

Estudo afirma que pessoas que fazem uso de maconha na adolescência sofrem perda considerável da memória no futuro

Compartilhe:

Adolescentes que fumam maconha por apenas três anos podem prejudicar a memória em longo prazo, afirmam pesquisadores.

Um estudo conduzido pelo professor John Csernansky, da Universidade Northwestern, EUA, teve como amostra pessoas que usaram maconha diariamente, por cerca de três anos no período da adolescência.

Constatou-se que elas tiveram alterações no hipocampo, uma região do cérebro vital para a memória, ao contrário das pessoas que nunca usaram da droga.

Elas tiveram um aproveitamento 18 % menor em testes de “memória de longo prazo” do que os indivíduos em situação contrária.

Pessoas que fazem uso de maconha na adolescência sofrem perda considerável da memória no futuro, afirma estudo

Estudo da Universidade Northwestern, EUA, constatou que as pessoas que fumaram maconha na adolescência têm memoria mais fraca que as que nunca usaram.

Os resultados foram descobertos usando sofisticados scanners de mapeamento cerebral.


PUBLICIDADE

Outro detalhe é que os pesquisados que usavam maconha na adolescência não o fazem há dois anos.

O estudo é um dos primeiros a sugerir que os cérebros dos que foram usuários diários da droga na adolescência tiveram sua memória comprometida.

Quanto mais tempo um participante tinha sido exposto a droga, mais disforme seu hipocampo apareceu nos exames.

No total, 97 pessoas participaram do estudo.

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo