Gadoo - Notícias e Curiosidades

Gêmeos siameses que nasceram ligados pela cabeça comemoram 10 anos de cirurgia que salvou suas vidas

Compartilhe:

A separação delicada dos gêmeos siameses Carl e Clarence, que ocorreu há 10 anos, deixou algumas sequelas, mas a mãe dos meninos, Arlene Aguirre, diz que a sobrevivência já é motivo suficiente para celebrar a data que mudou suas vidas.

Os meninos das Filipinas, agora com 12 anos, nasceram unidos pelo topo da cabeça, incapazes de sentar-se, ficar em linha reta, comer normalmente, ou ver um ao outro.

Os gêmeos passaram por cirurgia em 04 de agosto de 2004, em uma operação que separou as crianças uma da outra. Foram quatro cirurgias ao longo de nove meses.

“O tratamento histórico era basicamente sacrificar um para salvar o outro”, disse o cirurgião principal, doutor James Goodrich. A separação, no entanto, foi bem sucedida e os dois sobreviveram.

Gêmeos siameses que nasceram ligados comemoram 10 anos de cirurgia .

Gêmeos siameses que nasceram ligados pelo cérebro comemoram 10 anos da cirurgia que lhes permitiu tornarem-se separados e terem vida plena.

O médico e sua equipe, desde então, separaram outros quatro conjuntos de gêmeos, que nasceram com as cabeças unida, em Londres, Melbourne e Riad.

55


PUBLICIDADE

As crianças comemoram aniversário duas vezes ao ano, pela data de nascimento e pelo dia da cirurgia que salvou suas vidas.

Os meninos Aguirre compartilham uma “ponte” do cérebro, de aproximadamente 6 centímetros de comprimento, que teve de ser dividida. Por isso eles ficaram com algumas sequelas.

555

Carl sofreu convulsões, agora controladas com medicação, e o uso de seu braço esquerdo e perna são limitados. Ele usa uma cadeira de rodas e muletas, e não há esperança de que vá finalmente ser capaz de andar por conta própria.

Ele passa o dia na escola em aulas para crianças com deficiências múltiplas, e recebe terapia ocupacional, física e de fala.

A mãe diz que Clarence também tem dificuldades na fala e que recebe algumas instruções especiais na comunicação.

Mas ao contrário de Carl, ele é um pré-adolescente em busca de atenção, mais ativo e rápido para mostrar aos visitantes seus jogos de videogame favoritos.

Hoje, os gêmeos siameses, de 12 anos, celebram o aniversário de dez anos da cirurgia de risco que os separou com sucesso.

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo