Gadoo - Notícias e Curiosidades

Grávida vai a hospital fazer exames e médicos não conseguem encontrar bebê por causa de condição rara que poderia matar a mulher

Compartilhe:

Cirurgiões salvaram a vida de uma mãe cujo feto estava crescendo em seu fígado em um fenômeno raro na medicina.

Os médicos disseram que o caso – que apenas aconteceu 22 vezes nos últimos 60 anos em todo o mundo – poderia ter tirado a vida da mulher.

Yang, uma mulher chinesa de 30 anos de idade, estava grávida de dois meses, mas os médicos de Langzhong, uma cidade na província de Sichuan, sudoeste da China, não encontravam o embrião durante os exames.

Mas após uma procura minuciosa no Hospital Langzhong de Medicina Tradicional Chinesa, se descobriu que o óvulo fertilizado estava crescendo fora do útero de Yang – e estava em cima de seu fígado.

Grávida vai a hospital fazer exames e médicos não conseguem encontrar bebê por causa de condição rara

Cirurgiões salvaram a vida de uma grávida chamada Yang, cujo feto estava crescendo em seu fígado, em um fenômeno raro na medicina. Foto: CEN

A imprensa local disse que a condição da mulher era chamada de gravidez ectópica.


PUBLICIDADE

Foto: CEN

Foto: CEN

A futura mãe foi levada às pressas para uma cirurgia de emergência após o Doutor Yang Xiongye, adiar todas as outras operações para se concentrar no caso de urgência dela.

Ao todo dez médicos e enfermeiros participaram da cirurgia para extrair o feto, e após quatro horas de operação removeram-no, junto da bexiga biliar de Yang.

Doutor Yang Xiongye disse que o fígado da paciente poderia ter rompido se o crescimento do feto continuasse.

A mulher está se recuperando bem no hospital.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo