Gadoo - Notícias e Curiosidades

Guarda de segurança puxa bebê do peito da mãe para impedir que ela continuasse amamentando dentro de loja

Compartilhe:

Uma famosa loja de vestuário está sendo investigada após alegações de que um guarda de segurança puxou um bebê de nove meses da mama de sua mãe enquanto ela o amamentava dentro da empresa.

Caroline Starmer postou no Facebook alegações de que foi retirada da loja em Leicester, Inglaterra, depois que começou a amamentar sua filha em um “local tranquilo”.

Dentro de cinco minutos, um guarda de segurança se aproximou e pediu a ela para “desocupar o local”, conforme ela mesma disse.

Guarda de segurança puxa bebê do peito da mãe para impedir que ela continuasse amamentando em loja na Inglaterra

Famosa loja de vestuário está sendo investigada após alegações de que um guarda de segurança puxou um bebê de nove meses da mama de sua mãe enquanto ela o amamentava.

Starmer, uma mãe de filhas gêmeas, continuou: “Eu mantive minha posição e afirmei meus direitos, dizendo que eu podia legalmente alimentar onde eu quisesse. Então o agente de segurança removeu fisicamente a minha filha do meu peito e caminhou pela loja com ela, dizendo que se eu quisesse a minha filha, então eu teria que ir buscá-la.”


PUBLICIDADE

77

Ela completou dizendo que obviamente foi até a filha, e depois caminhou até uma delegacia de polícia local para apresentar uma denúncia.

O marido de Caroline ligou para o gerente da loja, mas eles apenas disseram que iriam investigar o caso.

A Primark confirmou que está investigando o suposto incidente.

Um porta-voz da empresa disse: “Queremos deixar absolutamente claro que as mães são bem-vindas para amamentar em nossas lojas. Estamos investigando o incidente com urgência, e levaremos essas alegações muito a sério.”

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo