Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem agride filha de 2 anos até a morte querendo ensiná-la a ser lésbica para que evitasse homens

Compartilhe:

Um pai foi condenado a cumprir pelo menos 18 anos e nove meses de prisão após bater na filha de dois anos até a morte. O suspeito esperava fazê-la lésbica com o ataque a fim de que ela evitasse homens.

Donovan Lamar Haynes, de 23 anos, foi condenado na última segunda-feira (21) em Flint, Michigan, nos EUA. Ele não contestou o homicídio.

Um relatório de investigação antes da sentença mostrou que o homem havia batido na filha a fim de tentar transformá-la em lésbica, na esperança de que ela evitaria homens que, assim como ele, possuam um histórico violento com mulheres.
A criança, Ti’Airra Woodward, sofreu o crime em julho de 2011, e foi encontrada inconsciente no porão de casa pela mãe, Nakeesha Woodward. Ela foi levada às pressas para o hospital, onde foi declarada morta.

Médicos legistas confirmaram que ela faleceu por hemorragia interna à partir do fígado.


PUBLICIDADE

Donovan Lamar Haynes

Donovan Lamar Haynes espancou a filha de 2 anos até a morte querendo fazer que ela se tornasse lésbica para não conviver com homens.

Nakeesha deixou o tribunal em lágrimas após ouvira condenação do homem. “Eu perdi uma filha”, chorou enquanto pedia uma punição mais rigorosa ao ex.

3

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo