Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem compra esposa em tráfico de pessoas, a enjaula por 12 anos após mulher sofrer problemas mentais e agora pede doações para melhorar a cela dela

Compartilhe:

Um homem que enjaulou sua esposa doente mental por doze anos, depois de tê-la comprado como escrava, está pedindo ajuda para conseguir tratamento médico e uma prisão mais confortável para a mulher.

O mais incrível é que a mídia local está apoiando a campanha.

O homem que trabalha em construções civis, chamado Luo Jindong, de 64 anos, comprou sua esposa ao negociar com traficantes de pessoas, e a trancou por mais de uma década após a mulher começar a sofrer com problemas mentais.

Ele disse que havia nascido em uma família pobre, e desde muito novo era responsável por ajudar seus irmãos mais novos.

Homem compra esposa em tráfico de pessoas, a enjaula por 12 anos após mulher sofrer problemas mentais e agora pede doações para melhorar sua cela

Luo Jindong comprou esposa em tráfico de pessoas antes de mulher dar à luz seu filho e sofrer problemas mentais. Ele sentiu-se obrigado a enjaular mulher e agora pede doações para melhorar cela dela.

Jindong disse que trabalhava em tempo integral, e não conseguia pensar em si mesmo, nunca tendo encontrado uma esposa para iniciar uma família.

Quando tinha 50 anos de idade, e pelo fato dos irmãos estarem com a vida encaminhada, ele percebeu que não tinha mais nada, e decidiu pagar traficantes para lhe darem uma esposa.

Assim, em 2000, ele pegou as economias que tinha e ganhou uma jovem , com quem se casou em sua cidade natal, Genzi, próximo de Gaozhou, na Província de Guangdong, sul da China.

77

Um ano depois, a mulher estava grávida e acabou dando à luz o filho que ele sempre quis, Luo Jinhui.

Ele não sabia quem era a mulher, e disse que nunca havia perguntado seu nome. Ela era conhecida simplesmente como uma esposa para ele, e depois mãe para o filho.

777


PUBLICIDADE

Ele disse que sua mãe mantinha um rígido controle sobre sua esposa, mantendo-a na casa enquanto ele estava fora para o trabalho, e assim a jovem não tinha necessidade de ter um nome.

Mas, um ano após o nascimento de seu filho, sua esposa começou a sofrer de problemas mentais e tornou-se agressiva, inclusive atacando a mão de Jindong.

7777

Depois de discutir com sua mãe sobre o que fazer, Jindong decidiu trancar sua esposa em uma pequena sala. Isso foi em 2002 – e ela está lá desde então.

Ele disse: “O que mais eu poderia fazer, eu não tinha dinheiro para o tratamento médico e muito pouco dinheiro para consertar nossa casa. Eu tive que trabalhar todos os dias só para ganhar o suficiente para mim e minha família se alimentar, e eu queria que meu filho ainda tivesse sua mãe por perto. Eu realmente a amava muito. Se tivesse sido de outra maneira eu não teria a trancado por todo esse tempo.”

Ele continua: “Eu cozinho para ela todos os dias antes de ir para o trabalho, e eu também organizo tudo para ela ter um banho todos os dias, mas eu simplesmente nunca tive o dinheiro para as contas do hospital.”

Agora ele está apelando por doações para ajudar a colocar sua vida de volta nos trilhos, depois de dizer que já não pode dar ao luxo de trabalhar tão duro quanto um trabalhador da construção necessita.

Há alguns anos, a mãe de Jindong morreu, e seu filho, hoje com 13 anos, que até recentemente tinha sido um modelo de aluno com as melhores notas, foi expulso da escola por se meter em encrencas e brigar com outra criança.

Ele disse: “Eu não culpo o meu filho. Desde que ele perdeu sua avó há alguns anos, as coisas têm sido difíceis para ele, porque eu nunca estou lá para colocá-lo no caminho certo. Ele foi para casa agora, para ficar por duas semanas, e não importa o quão difícil seja, eu quero levá-lo de volta para a escola. Eu quero que ele tenha um futuro brilhante.”

O homem disse que agora está apelando para pessoas de bom coração lhe darem doações para ajudar a consertar sua casa, além de tentar obter tratamento médico para sua esposa.

Meios de comunicação locais também resolveram apoiar a causa.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo