Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem declarado morto na Bahia sai vivo de saco fúnebre

Compartilhe:

Waldelúcio de Oliveira Gonçalves, de 54 anos, tinha sido declarado morto pelos médicos, que diziam que ele havia sofrido uma parada respiratória e falência múltipla dos órgãos.

O irmão de Waldelúcio foi autorizado a ir ao local para vestir o corpo para o funeral, e teve um choque quando chegou ao necrotério do Hospital Menandro de Farias, município de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. Ele percebeu uma movimentação no saco plástico fúnebre onde estava o suposto cadáver. Foi então que a família percebeu o engano do hospital ao declarar a morte.

Waldelúcio foi levado para a Unidade de Tratamento Intensiva do hospital, onde permanece internado. O caso ocorreu no sábado.

O homem, que está sendo tratado de câncer de estômago, foi levado para o hospital por sua família, no sábado de manhã, quando acordou lutando para respirar.


PUBLICIDADE

Homem declarado morto sai vivo de saco fúnebre

Waldelúcio de Oliveira Gonçalves foi declarado morto em hospital da Bahia, e saiu vivo de saco fúnebre após irmão perceber movimentação ao ir prepará-lo para o velório.

A família chegou a comprar um caixão e preparar toda a documentação para o funeral.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) emitiu uma nota dizendo que irá abrir uma sindicância para apurar o caso.

O “ex-defunto” posou para uma foto, feita por familiares, sorridente e fazendo sinal de positivo na cama do hospital.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo