Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem é julgado após ejacular na xícara de colega de trabalho para fazê-la se apaixonar por ele

Compartilhe:

Um homem foi julgado após ejacular seus fluídos corporais na xícara de café de uma colega de trabalho.

John Robert Lind foi acusado de agressão íntima, mas um juiz disse que a conduta do homem de Minnesota, nos EUA, não o qualifica como tal por causa de uma brecha na lei local, que não considera seu comportamento um crime relacionado a atos íntimos.

Pat Maahs, a vítima, disse que pretende lutar para acabar com tal brecha para que o homem seja acusado como agressor íntimo.

Maahs, que trabalha na Beisswengers, loja de ferragens em New Brighton, Minnesota, disse que trabalhou com Lind por 14 anos. Ela disse que seu café, por vezes, tinha um sabor esquisito, principalmente nos últimos seis meses que trabalharam juntos.


PUBLICIDADE

Homem é julgado após ejacular na xícara de colega de trabalho

Homem foi julgado após ejacular seus fluídos corporais na xícara de café de uma colega de trabalho em tentativa bizarra de fazer com que mulher se apaixonasse por ele.

Em agosto do ano passado ela flagrou seu colega de trabalho em uma posição duvidosa, e ao analisar a xícara de café, notou algo estranho, tanto no recipiente quando em sua mesa.

O homem acabou admitindo que realizou o ato, por duas vezes, além de outras quando ejaculou em locais diferentes.

Quando questionado sobre os motivos que o levaram a cometer tal ato, ele disse que pensou que dessa forma faria sua colega de trabalho se interessar por ele.

Fonte: Huffington Post

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo