Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem egípcio é preso depois de curtir página cristã no Facebook

Compartilhe:

Um homem egípcio foi condenado a 6 anos de prisão depois, além de ter que pagar uma multa e cerca de R$ 1.850, depois que curtiu páginas cristãs no Facebook.

As autoridades consideraram que o homem violou as leis do Egito, que proíbem as pessoas de criticarem a religião islâmica.

Kerolos Shawky foi indiciado por blasfêmia, incentivo a luta sectária e ridicularizarão. Porém, o advogado de Kerolos justifica que ele não tinha qualquer intenção de insultar a religião islâmica, depois que curtiu a página chamada “Cavaleiros da Cruz” na rede social.


PUBLICIDADE

Facebook

Homem foi indiciado por blasfêmia, incentivo a luta sectária e ridicularizarão após curtir a página “Cavaleiros da Cruz” no Facebook.

De acordo com o advogado, Kerolos é deficiente visual e tem muito pouca experiência com

a internet.

O caso segue em julgamento.
Fonte: Black Christian News

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo