Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem injustamente condenado por assassinato é libertado após 28 anos de prisão

Compartilhe:

David McCallum tinha 16 anos quando foi preso, acusado de matar Nathan Blenner, de 20, em Nova York. Mas agora ele é um homem livre, depois que um juiz concordou que o DNA e as impressões digitais encontradas na cena do crime não lhe pertenciam.

O homem, injustamente condenado por assassinato, foi libertado depois de 28 anos de prisão, após novas evidências de DNA surgirem e lançarem dúvidas sobre sua culpa.

David McCallum foi preso junto com Willie Stuckey, acusados de sequestro e assassinato de Nathan Blenner, em 1985.

Homem condenado injustamente é libertado após 28 anos

Homem injustamente condenado por assassinato foi libertado após passar 28 anos de prisão, depois de novas provas surgirem a seu favor.

Aos 45 anos de idade, ele falou sobre sua liberdade recém-recebida: “É um momento feliz porque eu estou andando sozinho. Há alguém que deveria estar saindo comigo. Estou realmente muito feliz, mas muito triste ao mesmo tempo.”

11


PUBLICIDADE

Willie Stuckey morreu na prisão em 2001. Quando a polícia prendeu David e Willie, eles admitiram na época o sequestro e assassinato. Porém, mais tarde, eles retiraram suas confissões. No ano seguinte, os dois foram condenados a 25 anos de prisão.

111

Os advogados de David escreveram uma carta em janeiro, argumentando que nem o DNA e nem as impressões digitais encontradas na cena do crime eram correspondentes ao de seu cliente ou Willie.

1111

A promotoria investigou e concluiu que a confissão da dupla realmente poderia ser falsa, já que eram adolescentes repletos de imprecisões, e muitos dos detalhes aparentemente foram fornecidos pela polícia.

11111

111111

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo