Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem que passou a vida cuidando de elefantes é morto após ser pisado e esmagado por animal em santuário que ele havia fundado

Compartilhe:

Um homem que co-fundou um santuário para elefantes aposentados de circo foi morto por um dos animais que ele cuidava.

Em uma peça cruel do destino, James Laurita, de 56 anos, que passou a vida trabalhando com elefantes, chegando a criar o santuário “Esperança Elefantes” em 2011, morreu após um dos animais pisar nele.

Laurita, conhecida como Jim por seus amigos, trabalhou como um manipulador de elefante em um circo itinerante quando ainda era jovem, e também tinha trabalhado com elefantes no zoológico de Bronx e no Wildlife Safari, em Oregon.


PUBLICIDADE

Homem que passou a vida cuidando de elefantes é morto após ser pisado e esmagado por animal

Elefante pisou e esmagou James Laurita, depois de homem bater com a cabeça e ficar inconsciente. Rapaz acabou morrendo após o acidente.

A polícia investigou o caso e concluiu que Laruita bateu com a cabeça antes do elefante pisar sobre ele, quando estava inconsciente.

“O elefante não era de forma alguma agressivo. Foi claramente um acidente”, disse Mark Belserene, que participou da investigação.

Um comunicado divulgado pelo santuário disse: “A paixão de Jim por todos os animais, mas especialmente elefantes, não tinha limites. Nossos pensamentos e orações vão para a família Laurita.”

Fonte: Metro

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo