Gadoo - Notícias e Curiosidades

Homem que se tornou mulher ganha processo contra família após ser proibida de usar roupas femininas

Compartilhe:

Uma mulher de Tarleton, Lancs (Inglaterra), ganhou uma batalha judicial contra sua própria família, que se recusou a aceitar sua nova identidade depois que ela passou por uma mudança de sexo.

Gillian Simpson, de 46 anos – anteriormente conhecida como Gareth – começou a transição de gênero em um tratamento ocorrido em 2009.

Mas uma batalha judicial foi aberta depois que seus pais, Graeme e Glenys, e seu irmão Gavin, a impediram de entrar na casa da família ou em seus negócios usando qualquer tipo de roupa ou acessório feminino.

Homem ganha processo contra família após ser proibida de usar roupas femininas

Gillian Simpson, de 46 anos, ganhou processo no tribunal contra sua própria família, após ser proibida por pais e irmão de usar roupas femininas e trabalhar na empresa deles.

Eles a proibiram de trabalhar nos negócios da família – Simtech – onde ela havia sido diretora desde 1992 (e desde esse período a empresa dobrou de tamanho).


PUBLICIDADE

66

Simpson não conseguiu ter êxito em sua carreira desde então, e pediu o equivalente a 600 mil reais em indenização contra sua família.

No entanto, a família também a processou por perda de salários e outras despesas, totalizando 735 mil reais.

O juiz Phillip Butler descreveu a disputa como um “caso incrivelmente triste”, antes de julgar a favor de Simpson.

A mulher contou que o processo foi extremamente estressante, mas disse que ainda espera por uma reconciliação com sua família.

Ela disse: “Tudo que eu quero é ser parte da família que eu fui uma vez. Eu enviei um cartão de Natal para eles este ano, como eu faço todos os anos. É a vez deles agora.”

A família não quis comentar o caso.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo