Gadoo - Notícias e Curiosidades

Hospital deixa grávida amarrada enquanto entrava em trabalho de parto e bebê nasce sem assistência, caindo no chão e sofrendo danos irreversíveis no cérebro

Compartilhe:

Uma mulher ganhou uma indenização depois que seu bebê recém-nascido caiu no chão, após ela dar à luz em um hospital sem ter sido assistida por médicos ou enfermeiros.

Prudence Molefe, de 42 anos, foi deixada amarrada à sua cama por meia hora, quando ela entrou em trabalho de parto e acabou dando à luz sem ter pessoa alguma para ajuda-la.

Ela disse à Alta Corte em Joanesburgo, África do Sul, que suas pernas tinham sido amarradas na cama dentro do hospital, a deixando incapaz de se mover.

Hospital deixa grávida amarrada enquanto entrava em trabalho de parto e bebê nasce sem assistência

Prudence Molefe, de 42 anos, foi deixada amarrada à sua cama por meia hora, quando ela entrou em trabalho de parto e acabou dando à luz sem ter pessoa alguma para ajuda-la.

Enfermeiros tinham ido procurar um médico para ajudar com o processo, e a deixaram sozinha na maternidade.

66


PUBLICIDADE

Prudence afirmou: “As enfermeiras estavam descontentes com a forma como as coisas estavam indo, e tinham ido procurar um médico, mas 30 minutos depois elas ainda não tinham voltado. Eu podia sentir o bebê chegando e eu estava gritando por ajuda, mas ninguém veio.”

No momento em que voltaram, 37 minutos depois, Prudence tinha dado à luz o seu filho, Kagiso, que caiu no chão ao vir ao mundo.

A nova mãe explicou que os ferimentos recebidos pelo menino, depois de cair 1,2 metros para fora da cama, o tinham deixado com danos irreversíveis no cérebro.

Ela levou o hospital ao tribunal em uma tentativa de conseguir milhões em compensação.

A enfermeira encarregada de cuidar de Prudence admitiu que ela tinha deixado a paciente sozinha por muito tempo para verificar se era possível encontrar um médico.

Esta semana o juiz Annelie Basson concordou que Prudence deve ter direito a uma grande soma de dinheiro como resultado dos danos causados a seu filho.

Agora especialistas estão investigando o nível de danos que a criança sofreu para se chegar à quantia devida pelo hospital.

Fonte: Daily Star

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo