Gadoo - Notícias e Curiosidades

Idosa morre por desidratação após enfermeira recusar lhe dar água por medo de paciente urinar na roupa de cama

Compartilhe:

Uma idosa morreu de sede no hospital porque uma enfermeira se recusou a lhe dar água por medo de a mulher urinar na cama.

Edna Thompson, de 85 anos, foi internada no hospital Maidstone com uma condição ocular, mas morreu por desidratação oito dias mais tarde.

O hospital Maidstone, do Reino Unido, já se desculpou pelo incidente, mas a filha da vítima, Ann Brown, está furiosa. “Eu estou simplesmente chocada”, disse ela.

A idosa, uma ex-bibliotecária, deu entrada no hospital com suspeita de glaucoma maligno em setembro do ano passado. Sua saúde se deteriorou a tal ponto que ela não conseguia comer ou beber sozinha.

A viúva, mãe de três filhos, de Harrietsham, Kent, sofreu desidratação grave e eventual insuficiência renal no hospital. No fim de semana antes de sua morte a família de Thompson levantou preocupações sobre sua desidratação, alertando uma enfermeira. Mas eles foram informados que se dessem muita água teriam que trocar a roupa de cama com mais frequência.


PUBLICIDADE

Idosa morre por desidratação após enfermeira recusar lhe dar água

Idosa Edna Thompson, de 85 anos, morreu de sede no hospital porque uma enfermeira se recusou a lhe dar água por medo de a mulher urinar na cama. Foto: SWNS

O presidente-executivo do hospital, Glenn Douglas, admitiu uma série de erros. Ele disse que uma investigação descobriu que a condição de Thompson piorou pela prescrição de medicamentos conhecidos por causar desidratação, incluindo manitol, utilizado para diminuir a pressão ocular.

Foto: SWNS

Foto: SWNS

Edna Thompson e seu falecido marido Fred. Foto: SWNS

Edna Thompson e seu falecido marido Fred. Foto: SWNS

Fonte: Metro

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo