Gadoo - Notícias e Curiosidades

Irmãs órfãs separadas há 40 anos se reencontram ao começarem a trabalhar no mesmo hospital quase 10 mil km de distância de onde nasceram

Compartilhe:

Duas irmãs órfãs que foram separadas em circunstâncias traumáticas há 40 anos se reuniram novamente como colegas de trabalho em um hospital que fica a 9.650 quilômetros de onde nasceram.

Na década de 1970, Holly Hoyle O’Brien, ou Pok-nam Shin – como ela era conhecido – acordou no meio da noite e viu sua madrasta saindo com sua irmã, Eun-sook.

A mulher e a filha fugiram da Coreia do Sul, deixando Holly com o pai, um merceeiro alcoólatra. Sua mãe biológica já havia falecido.

Irmãs órfãs separadas há 40 anos se reencontram ao começarem a trabalhar no mesmo hospital

Irmãs órfãs que foram separadas em circunstâncias traumáticas há 40 anos se reuniram como colegas de trabalho em um hospital que fica a 9.650 quilômetros de onde nasceram.

Quando tinha apenas 5 anos de idade aconteceu uma tragédia com o pai, que foi atropelado por um trem e morreu, e assim a menina foi enviada a um orfanato.

21

Em 1978, com nove anos de idade, Holly foi adotada por uma família americana que a levou para morar com eles em sua casa no estado da Virgínia.

O que ela não imaginava era que sua irmã também tinha sido adotada por uma família americana e estava vivendo cerca de 480 quilômetros de distância, em Kingston, Nova York.


PUBLICIDADE

22

Pouco depois de se mudar para sua nova casa, Holly contou à nova família sobre a morte de seu pai, e disse que tinha uma irmã que precisava encontrar.

Sem muitos detalhes, a tarefa de encontrar Eun-sook era praticamente impossível. No entanto, um enorme golpe do destino aconteceu.

23

Após se tornar uma enfermeira qualificada, Holly se mudou para Sarasota, na Flórida, com seu agora ex-marido, no ano de 2005, e conseguiu um emprego em um hospital local.

Em janeiro deste ano ela começou a trabalhar em uma nova ala, e três meses depois, outra sul-coreana e enfermeira, Meagan Hughes, foi contratada para o mesmo departamento.

Surpreendentemente, Meagan era Eun-sook.

Holly, que agora tem 46 anos, contou que um dos pacientes tinha dito a ela que havia outra enfermeira da Coreia. Ao conversarem e notarem que as histórias eram semelhantes, as duas se convenceram de que realmente eram irmãs, e resolveram fazer um teste de DNA, comprovando que as suspeitas estavam corretas.

Agora, 40 anos depois de serem separadas, os laços das irmãs se estreitaram novamente. Meagan, de 44 anos, mãe de dois filhos, disse que ficou fascinada ao reencontrar a irmã.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo