Gadoo - Notícias e Curiosidades

Jovem mulher com síndrome rara nasce sem vagina e útero

Compartilhe:

Kelly Smith, hoje com 22 anos, de Bristol, teve um momento particularmente difícil em sua adolescência. Aos 17 anos os médicos lhe deram a notícia devastadora de que ela tinha nascido sem uma vagina completamente formada e o útero, além de não poder ter filhos. Kelly possuía apenas um orifício ao invés do órgão completo.

O orifício tinha apenas dois centímetros de profundidade e as relações sexuais eram impossíveis, para desgosto da adolescente.

A síndrome afeta uma em cada 5000 pessoas, geralmente resulta em um útero ausente em pacientes do sexo feminino e sem genitália de qualquer natureza nos homens.

Mulher nasce sem vagina e útero

Kelly Smith nasceu com uma síndrome rara que causa ausência da vagina e do útero. Agora ela realiza tratamento para conseguir ter relações íntimas.

Kelly tinha 16 anos e ainda não tinha começado o seu período fértil, quando os médicos perceberam que algo podia estar errado.

55


PUBLICIDADE

Depois de um ultrassom e uma visita a um especialista em Bath, o diagnóstico foi confirmado.

Kelly começou a fazer um tratamento para ampliar sua vagina e poder ter relações íntimas.

555

O tratamento, chamado dilatotherapy, envolve um gradual alongamento da vagina ao longo de seis meses a um ano, e Kelly diz que está entusiasmada com a forma como as coisas estão indo.

5555

Embora o tratamento não resolva a ausência do útero, mulheres com a síndrome tem ovários saudáveis e como resultado, podem ter filhos biológicos usando um substituto e fertilização in vitro.

“Agora eu tenho apenas 22 anos, então eu realmente não estou pensando sobre ter filhos. Estou mais preocupada em ter um relacionamento normal”, diz ela.

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo