Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mãe acorrenta filha deficiente no banheiro por um ano e parte do corpo da jovem apodrece

Compartilhe:

Uma jovem mulher deficiente mental foi trancada em um banheiro por um ano, tendo parte da carne de seu corpo apodrecido.

Um membro da família ficou chocado quando encontrou Aneta Pokorskia, de 25 anos, presa no banheiro de um celeiro. A mulher, que é deficiente física, teve suas nádegas e parte de sua coxa apodrecidas. Ela estava sofrendo de desnutrição, desidratação, tinha pulgas e queimaduras.

O membro da família disse que a mãe, Maria Pokorskia, de 53 anos, havia dito que a filha tinha sido levada por assistentes sociais um ano atrás. Mas os parentes ficaram preocupados quando nada mais foi dito sobre a localização de Aneta.

Mãe acorrenta filha deficiente no banheiro e parte do corpo da jovem apodrece

Maria Pokorskia acorrentou filha deficiente no banheiro de um celeiro por um ano, fazendo com que parte do corpo apodrecesse.

Incapaz de andar por muito tempo, ela havia sido acorrentada a um pequeno banheiro. O cômodo não tinha aquecimento, apesar das temperaturas próximas de zero, em Bochnia, na Polônia.


PUBLICIDADE

11

Segundo a polícia, Maria havia trancado a filha no banheiro depois de discutir com membros da família que queriam que ela ficasse sob cuidados especiais.

Aneta foi levada ao hospital, onde os médicos disseram que é provável que ela irá precisar de cirurgias para se recuperar.

Um porta-voz do hospital, disse: “Ela não pode andar por causa da lesão muscular nas pernas e não pode falar por causa de sua deficiência mental.”

A polícia diz que eles não podem processar a mãe porque ela também é doente mental.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo