Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mãe decapita filha deficiente de sete anos de idade e diz que vozes malignas ordenaram que cometesse ataque

Compartilhe:

Uma mãe foi presa na Rússia depois que cortou a cabeça de sua filha deficiente, dizendo à polícia que ouviu vozes de demônios dizendo-lhe para realizar o ataque brutal.

Nadejda Voronova, de 33 anos, está sendo mantida em um hospital psiquiátrico seguro para testes correspondentes, após a descoberta macabra do cadáver sem cabeça de uma menina de sete anos de idade, na cidade de Yekaterinburg, na Rússia.

A mãe solteira vinha cuidando de sua filha Yana – que sofria de paralisia cerebral – sozinha, desde que ela se divorciou do marido há quatro anos.

Mãe decapita filha deficiente e diz que vozes malignas ordenaram que cometesse ataque

Nadejda Voronova, de 33 anos, decapitou filha de sete anos de idade, que era deficiente, e disse à polícia que vozes malignas a fizeram realizar o ataque brutal.

Segundo os vizinhos, ela vinha lutando para sobreviver sem ele, e tinha ficado muito mal quando sua mãe faleceu, no início do mês de dezembro, deixando-a sem qualquer apoio nos cuidados com Yana.


PUBLICIDADE

33

A polícia foi chamada ao apartamento da mulher quando uma denúncia anônima, de que ela havia matado sua filha, foi feita.

Voronova, que estava sentado na sala da frente, lhes disse que tinha matado sua filha depois de vozes, que ela acreditava serem de demônios, lhe dizerem para realizar o ataque.

333

3333

33333

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo