Gadoo - Notícias e Curiosidades

Menina de 14 anos que luta desde o nascimento contra doença, grava vídeo implorando para receber permissão para morrer

Compartilhe:

Uma adolescente chilena que luta contra uma fibrose cística desde que nasceu apelou aos políticos de seu país para receber permissão para morrer.

Valentina Maureira, de 14 anos, foi diagnosticada com a doença genética pouco depois de nasceu, e tem sofrido com problemas nos pulmões e sistema digestivo. Além disso, ela tem de lidar com problemas respiratórios e, geralmente, não consegue ganhar peso mesmo comendo normalmente.

A doença é classificada como crônica. Há quatro décadas a expectativa de vida para quem nascia com a doença era inferior a seis meses. Atualmente fica em torno de 37 anos, caso a condição seja tratada adequadamente, incluindo um coquetel de medicamentos para enfrentar os piores sintomas.

Menina de 14 anos que luta desde o nascimento contra doença, grava vídeo implorando para morrer

Uma adolescente chilena que luta contra uma fibrose cística desde que nasceu apelou aos políticos de seu país para receber permissão para morrer.

Após mais uma visita ao hospital da Universidade Católica de Santiago, no Chile, a garota gravou um pequeno vídeo em seu telefone celular pedindo autorização para receber injeção letal.


PUBLICIDADE

“Eu sou Valentina Maureira, tenho 14 anos e sofro de fibrose cística. Peço uma conversa urgente com a presidente, porque estou cansada de viver com esta doença e só ela pode me autorizar a receber a injeção letal. Quero que me permita adormecer para sempre”, disse.

A garota continuou dizendo que seu irmão, Michael, morreu da mesma doença, e diz saber o que acabará acontecendo com ela.

Seu pai, Freddy Maureira, contou ter ficado devastado com o pedido da filha, mas alegou que a apoiará no que quiser fazer: “Ela pode ter apenas 14 anos, mas é uma pessoa muito sábia devido ao que foi forçado a passar até aqui”, disse. “Ela já passou por cinco operação que lhe causaram muito sofrimento. Foi prometido que as coisas iriam melhorar, mas não é o que acontece”.

O pai acredita que o pedido pode gerar um debate mais amplo sobre a eutanásia no país.

Fonte: Mirror

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo