Gadoo - Notícias e Curiosidades

Menina lobisomem, que tem corpo coberto por pelos, busca tratamento após aparelho que removia seus pelos quebrar

Compartilhe:

Uma menina de 5 anos de idade parou de receber tratamento médico depois que o aparelho que removia seus pelos do corpo quebrar.

Kemilly Vitória Pereira de Souza foi diagnosticada com hipertricose, uma rara condição que significa que seu corpo é quase totalmente coberto por pelos, e que confere a seus lábios e nariz um tamanho maior do que o habitual.

A doença, também conhecida como “Síndrome do lobisomem”, estava sendo tratada em um hospital de Goiânia, no estado de Goiás, mas há cinco meses, depois que a máquina que ajuda a menina a ter os pelos removidos quebrou, ela está sem tratamento.

A instituição não pôde reparar ou substituir o equipamento e os pais da criança, Patrícia Batista Pereira e Antônio de Souza, temem que os últimos dois anos de tratamento sejam perdidos. Isso porque os pelos voltaram a crescer.

Menina lobisomem busca tratamento após aparelho que removia seus pelos quebrar

Kemilly Vitória Pereira de Souza, de 5 anos, parou de receber tratamento médico há cinco meses depois que o aparelho que removia seus pelos corporais quebrar.

Patrícia relatou que a filha não enfrenta quaisquer problemas na escola, mas reconhece que ela poderá ser vítima de preconceito quando for adulta.


PUBLICIDADE

2

Representantes do hospital disseram que precisam de uma peça, disponível somente em Israel, para que o equipamento volte a operar.

3

4

5

6

7

Fonte: DailyStar

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo