Gadoo - Notícias e Curiosidades

Mulher com câncer de mama recusa quimioterapia e promete vencer a doença com tratamento à base de ervas

Compartilhe:

Uma jovem, mãe de dois filhos, se recusou a passar pelo tratamento convencional contra um câncer na mama. Ao invés disso ela pretende se curar através de um tratamento alternativo que usa remédios a base de ervas e uma dieta de alimentos crus.

Kelly Logan, de Dagenham, subúrbio de Londres, na Inglaterra, foi diagnosticada com câncer de mama há apenas cinco meses, depois de ter notado um caroço em seu peito.

A mulher ficou arrasada quando os médicos disseram que ela precisava de uma cirurgia de emergência, além de sessões de quimioterapia e de radioterapia para ter uma maior chance de sobrevier.

Mulher com câncer de mama recusa quimioterapia e promete vencer a doença

Kelly Logan pretende se curar de câncer na mama com uma dieta à base de ervas, que inclui vegetais crus e legumes.

Mas, para a surpresa dos médicos e de sua família, ela recusou qualquer tratamento convencional, optando por comer vegetais crus e tomar suplementos vitamínicos em uma tentativa de prolongar sua vida.

133

Logan disse: “Eu não quero perder a minha mama e passar por uma quimioterapia.” Ela considera o procedimento muito agressivo.

A mulher completou dizendo que graças ao seu novo regime e aos exercícios que vem praticando, está se sentindo mais saudável do que nunca.


PUBLICIDADE

1333

Ela sempre foi contrária a tratamentos de quimioterapia e aos procedimentos invasivos que visam curar o câncer.

“Um dos meus amigos tinha câncer, mas morreu devido à quimioterapia tê-lo deixado com baixa imunidade. Além disso, a ideia de perder o meu cabelo me aterrorizava. Bem, eu não queria parecer uma doente de câncer. Os médicos me disseram que eu precisava perder todo o meu peito direito e que a quimioterapia iria parar de progredir. Então eu decidi pesquisar tratamentos alternativos na internet e foi aí que eu descobri sobre os diferentes remédios de ervas que podia tomar para ajudar meu corpo”, disse Kelly.

Para Kelly, a quimioterapia iria arruinar sua qualidade de vida e terapias alternativas lhe permitiriam viver mais tempo.

A nova dieta é composta de muitos vegetais crus (cerca de 90%), além de muitos legumes e frutas. No entanto, os especialistas alertam que não há evidências de que terapias alternativas possam curar o câncer, parar o seu desenvolvimento ou diminuir o tamanho do tumor.

No início, a mãe de Kelly não apoiava sua decisão, mas depois de ver como a filha pretendia fazer o tratamento alternativo, fruto de sua pesquisa na web, ela o obteve.

Kelly faz uma ultrassonografia em seu peito a cada três meses, mas relata não pretender aceitar o tratamento mesmo que o câncer começa a crescer rapidamente.

Fonte: Daily Mail

Gostou? Então compartilhe:
Quer receber mais coisas interessantes? Curta nossa página no Facebook:
Deixe seu comentário:
Gadoo - Notícias e Curiosidades
© Todos os direitos reservados | Gadoo